Vivem em Portugal há quase 25 anos, divididos entre Lisboa e Cascais, mas foi pelo Marvão que se apaixonaram. “Adoramos Portugal, tivemos um projeto em Marvão que acabou por não dar em nada. Mas como gostámos tanto do sítio, acabámos por construir este glamping”, explica-nos Dewi Jones, um dos proprietários do CorkShack. Em parceria com a mulher, Clare, são os motores por detrás do novo glamping entre Marvão e Castelo de Vide.

O novo CorkShack Marvão Ecolodges é um glamping de luxo que tem como pedra central as “choças”. Estas estruturas são da idade do ferro e contam com mais de dois mil anos de existência. Atualmente muitas estão desabitadas ou servem de armazenamento, o que as torna perfeitas para serem reabilitadas em projetos de luxo.

Cada casinha está totalmente equipada com mobília, ar condicionado, casa de banho completa e kitchenette – que poderá usar para fazer as suas refeições. Do lado de fora, existe um deck onde pode “relaxar, tomar banhos de sol e até fazer barbecues”, explica-nos Dewi.

Tem ainda à disposição uma piscina, para os dias de maior calor, e uma grande área verdejante, onde poderá descobrir várias árvores de frutos (entre as quais tangerinas, limões ou figos). Cada noite neste alojamento custa 85€ e a estadia mínima é de três noites.

Depois do glamping, a nova moda agora é o sea glamping

Se a paz e o relaxamento não são coisas que o animem especialmente, e se a aventura lhe corre nas veias, saiba que o CorkShacks Marvão Ecolodges tem diversas atividades para os hóspedes – desde passeios a cavalo, passando por caiaque ou andar em balões de ar quente.

O novo glamping em Marvão abre as suas portas a 7 de junho deste ano.

10 fotos