“Duro”. O novo álbum de Xutos e Pontapés é lançado esta sexta-feira

Zé Pedro ainda participou no processo criativo deste álbum, bem como gravou quatro temas.

"Duro" é o 14.º álbum de estúdio de Xutos e Pontapés

Redferns

Os Xutos e Pontapés começam a celebração dos 40 anos de carreira com um novo álbum. “Duro” saiu esta sexta-feira, 25 de janeiro, e é composto por nove canções. Este é o primeiro disco lançado após a morte de Zé Pedro a 30 de novembro de 2017. No entanto, o músico participou no processo criativo do álbum, tendo ainda gravado quatro temas.

A guitarra de Zé Pedro poderá ser ouvida em “Mar de Outono”, o single de apresentação; “Duro”; “Alepo” (cuja letra foi escrita com frases de tweets da menina síria Bana Alabed); e em “Sementes do Impossível” (composta para o filme “Índice Médio de Felicidade“, de Joaquim Leitão). Do disco fazem ainda parte “Dueto ao Sol”, que contou a participação de Carlão, e “Imprevistos”, com Jorge Palma e Capicua.

“Duro” já está disponível em todas as plataformas digitais e em CD (entre 10,99€ e 12,99€). Como os concertos de apresentação do novo álbum (a 25 de janeiro em Lisboa e a 1 de fevereiro no Porto) já esgotados, só vai poder ver Xutos e Pontapés ao vivo no próximo dia 14 de fevereiro, no Convento de São Francisco, em Coimbra. Os bilhetes já estão à venda e custam entre 23,45€ e 28,14€.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]