Alpinista de biquíni morre de hipotermia

A estrela da internet ficou famosa com as suas fotos originais. Não resistiu a uma queda fatal.

Considerada uma alpinista experiente, a Bikini Climber estava a fazer uma excursão sozinha

Gigi Wu era conhecida como a Bikini Climber (alpinista de biquíni). Não é difícil perceber porquê: a mulher natural de Taiwan ficou conhecida por posar em cima de montanhas vestida apenas com um biquíni. No sábado, 19 de janeiro, um passeio pela Central Mountain Range acabou em tragédia. A alpinista de 36 anos foi apanhada pelo mau tempo e caiu de uma altura superior a 30 metros.

A estrela das redes sociais ainda conseguiu ligar a pedir ajuda, indicando as coordenadas onde se encontrava e alertando que não conseguia mover as pernas. Um helicóptero tentou aproximar-se três vezes, mas teve de desistir devido à tempestade. A equipa de resgate decidiu ir a pé, mas demoraram mais de um dia até encontrá-la.

A espera foi fatal. Apesar de estar completamente vestida, Gigi Wu morreu de hipotermia. As temperaturas na região tinham atingido, na noite anterior, o pico de congelamento.

Considerada uma alpinista experiente, a Bikini Climber estava a fazer uma excursão sozinha de vários dias pelo Parque Nacional Yushan. O nome do parque foi escolhido em homenagem ao Yushan, o pico mais alto do parque — tem 3.953 metros de altitude.

A ideia de publicar fotos de biquíni começou quando Gigi Wu perdeu uma aposta. A foto fez de tal forma sucesso que a mulher decidiu continuar. No Facebook, a sua página, que entretanto se tornou numa homenagem à alpinista, contava com mais de 18 mil seguidores.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]