A RTP apresentou esta segunda-feira, 21 de janeiro, as músicas que vão ter lugar no Festival da Canção deste ano. E até já há uma favorita à vitória: a música de Conan Osiris, “Telemóveis”, que em menos de 24 horas já soma mais de 100 mil visualizações no YouTube, deixando a concorrência a uma distância significativa.

Depois de um ano especial, em que Portugal acolheu pela primeira vez o Festival Eurovisão da Canção — o que gerou um aumento significativo no número de concorrentes —, a edição de 2019 do festival retoma o modelo de 2017.

Assim, vão 16 canções a concurso: 14 resultaram de convites diretos da RTP, tendo em conta a representação da diversidade de géneros musicais, e os dois restantes concorrentes chegaram de dois concursos promovidos pela Antena 1. O vencedor irá representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção, que este ano decorre em Tel Aviv.

A primeira semifinal terá como apresentadores Tânia Ribas de Oliveira e Sónia Araújo, a 16 de fevereiro. A segunda será apresentada por Jorge Gabriel e José Carlos Malato, a dia 23 de fevereiro. Já os apresentadores da final em Portimão, a 2 de março, serão Filomena Cautela e Vasco Palmeirim.

Conheça as 16 canções a concurso.

1. “A dois”, Calema (compositores e intérpretes)

2. “Telemóveis”, Conan Osiris (compositor e intérprete)

3. “Inércia”, Ana Cláudia (compositores D’Alva)

4. “O meu sonho”, Soraia Tavares (compositora Laura)

5. “Lava”, Dan Riverman (compositor Miguel Guedes)

6. “Igual a ti”, NBC (compositor e intérprete)

7. “O Jantar”, Marlon (compositor Pedro Pode)

https://www.youtube.com/watch?v=pzJjx5GLDYA

8. “Debaixo do luar”, Mila Dores (compositor Rui Maia)

9. “Pugna”, Surma (compositora e intérprete)

10. “Mar Doce”, Maria Bragada (compositora e intérprete)

11. “Perfeito”, Matay (compositor Tiago Machado)

12. “Hoje”, Filipe Keil (compositor e intérprete)

13. “Mais Brilhante Que Mil Sóis”, Ela Limão (compositor Flak)

14. “Mundo A Mudar”, Madrepaz (compositor Frankie Chavez)

15. “O Lugar”, Laura Laquiz (compositor André Tentúgal)

16. “É o que é”, João Campos (compositores D.A.M.A)

As semifinais vão ser nos Estúdios da RTP, e voltam a acontecer ao sábado. O júri de sala será responsável por 50% da decisão final e o televoto pelos restantes 50%.Na grande final o júri de sala será substituído pelo júri regional, à imagem e semelhança do que aconteceu em 2017 e 2018.