Málaga. Corpo de menino que caiu no poço foi encontrado, diz “El Espanhol”

A sub-delegada do governo de Málaga e o delegado do governo de Andaluzia não dão conta do mesmo. A criança caiu no poço no domingo, 13.

Yulen é filho de José Rocío e Victoria María García e caiu num poço na serra de Totalán, junto à necrópole da Tumba Del Moro.

Agência EFE

O corpo de Yulen, o menino de dois anos que caiu num poço na serra de Totalán, em Málaga, no domingo, 13 de janeiro foi localizado a 73 metros de profundidade, avança o “El Espanhol.” O mesmo jornal diz que o corpo foi encontrado por uma sonda debaixo de uma massa de terra compacta, mas sem especificar se foi descoberto vivo ou morto.

O jornal adianta que uma das empresas encarregadas pelo resgate da criança introduziu um feixe num tampão de areia — a cerca de sete metros de profundidade — que permitiu localizar o corpo de Yulen. Segundo relatos de fontes que se encontram a trabalhar no local, “através de testes de DNA, eles confirmaram que é Yulen.”

Maria Gámez Sanchez, sub-delegada do governo de Málaga, não dá conta do mesmo, corroborando apenas os factos avançados por Alfonso Rodriguez Gómez de Velis, delegado do Governo da Andaluzia: foram descobertos restos biológicos, que poderiam corresponder ao cabelo da criança, que caiu no poço de 25 centímetros de diâmetro e 107 metros de profundidade, avança o “ABC“.

Segundo o mesmo jornal, estas provas foram recolhidas no domingo. Os resultados saíram na terça-feira, 15 de janeiro, depois da amostra ter sido comparada com outra que os próprios pais retiraram de uma garrafa. O ADN correspondeu.

“Temos a certeza cientificamente comprovada de que a criança está lá”, disse a sub-delegada.

Yulen caiu no poço na serra de Totalán, junto da necrópole da Tumba Del Moro, quando se encontrava a passear em família, no domingo a 13 de janeiro. O buraco tem apenas 25 centímetros de diâmetro e 100 metros de profundidade. A instabilidade do terreno e a necessidade de garantir a segurança do menino tornaram as operações de resgate muito complicadas.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]