TAP é a companhia aérea menos pontual do mundo

Mais de 42% dos voos da transportadora chegaram com atrasos superiores a 15 minutos ao destino. A análise foi feita pela OAG.

A transportadora portuguesa teve um prejuízo de 90 milhões de euros em 2018

Quem é que já teve de esperar por um voo da TAP? Quase toda a gente. Pelo menos é essa a conclusão da OAG, que se descreve como a “maior rede mundial de dados de viagens aéreas”. A consultora analisou as transportadoras internacionais e concluiu que a portuguesa TAP é a menos pontual.

Divulgados pela “Bloomerang“, canal norte-americano, os dados, referentes a 2018, revelam que mais de 42% voos da companhia aérea portuguesa chegaram ao destino com atrasos superiores a 15 minutos. A falta de pontualidade, sobretudo no primeiro trimestre do ano passado, culminou num prejuízo de 90 milhões de euros para a transportadora.

Os “enormes constrangimentos infra-estruturais” em Lisboa estão na génese deste problema, de acordo com o que a TAP disse ao canal norte-americano, acrescentando que, para a resolução do problema, estão em curso negociações entre o governo e a ANA.

A contratação de mais trabalhadores e a compra de mais aeronaves encontram-se também entre as estratégias que visam contornar a situação, bem como a criação de uma frota de reserva com três aviões, a otimização do processo de embarque, a revisão das escalas e a assinatura de acordos sindicais — medidas que servem também para colmatar o problema do cancelamento dos voos.

As companhias low cost que operam viagens de longo curso perfazem a maioria das transportadoras com mais atrasos na lista da OAG. Segundo a “Bloomberg”, estas operadoras apenas demonstraram ser eficazes em viagens de curta distância, uma vez que têm menos recursos para resolver possíveis falhas técnicas em viagens longas.

John Grant, diretor da consultora, disse à televisão norte-americana que “estas [low cost] são companhias aéreas de longo curso em crescimento e o tamanho das suas frotas não é tão grande como o de algumas transportadoras aéreas tradicionais”, acrescentado que “quando têm um atraso ou um problema técnico numa aeronave, o que pode acontecer a qualquer uma, os recursos disponíveis para recuperar podem não ser suficientes.”

As dez companhias aéreas menos pontuais

1. TAP Portugal (42,4%)
2. Cebu Pacific (41,6%)
3. Pakistan International (40,6€)
4. Philippines AirAsia (38,9%)
5. Norwegian Air UK (38,3%)
6. AirAsia X (37,7%)
7. Czech Airlines (36,7%)
8. Shenzhen Airlines (36,5%)
9. Air India (35,9%)
10. Egyptair (35,6%)

As percentagens são referentes a atrasos superiores a 15 minutos.

A Ryanair ficou fora do estudo, por falta de dados, tendo tido vários voos cancelados em 2018 devido às greves.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]