Dr. Martens. 13 looks com as botas mais cool para se inspirar

Eram usadas por jardineiros, passaram a ser calçadas por skinheads e depois pelos punks. Hoje são as trendsetters que mais as usam.

Ainda que não sejam muito elegantes, estas botas combinam com looks girly

Começou como um calçado modesto de trabalho, usado muito em profissões como a jardinagem, por exemplo. De calçado para trabalhadores, passou a favorito de skinheads e punks, ganhou ainda mais impacto durante o movimento grunge. As botas Dr. Martens caminham para os 60 anos e fazem cada vez mais parte do guarda roupa das trendsetters.

O primeiro par era vermelho, com um modelo ligeiramente diferente e tinha na sola a sua principal característica. O conforto e a durabilidade destas botas são, aliás, aquilo que as torna num bom investimento.

Ainda que tenham um estilo militar e pouco feminino, as botas da Dr. Martens, também chamada de Doc Martens, são usadas por mulheres com os mais variados estilos. São calçadas principalmente no outono/inverno, mas também no verão saem do armário e marcam presença nos festivais.

O modelo original, 1460, em preto, continua a ser o mais usado, mas a marca, que já chegou a estar falida e a fechar todas as fábricas, tem vindo a reinventar-se e a criar modelos para outros tipos de consumidores. A Dr. Martens conta agora com botas com plataforma, com lantejoulas, em veludo, em tecido, com padrões, com glitter, vegan, e em tamanhos desde recém-nascido.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]