Nem tudo são saquinhos de amendoins, chamuças ao pequeno-almoço (sim, isto aconteceu-nos recentemente) ou pães com manteiga que ou se comem em cinco minutos ou viram armas de arremesso.

A comida de avião está a mudar e na TAP, por exemplo, já são servidos wraps do GoNatural, pastéis de feijão, pastéis de nata e queijos com bolachas de cereais.

Já a United Airlines, não só tem apostado em melhorar o serviço de comida a bordo, como quer que ela se prolongue para além do momento em que o avião está no ar. Para isso, lançou um livro de receitas, no qual reúne 40 pratos baseados naquilo que é servido na classe executiva.

Estão aqui as novas refeições a bordo dos aviões da TAP

Há saladas de camarão, sopas de tomate e manjericão ou cremes de coco e frango a provar que que a comida servida no avião pode mesmo ser o jantar de logo à noite.

O livro está à venda no site de venda de merchandising da companhia aérea norte-americana e custa 30 dólares (26 euros). Parte desse dinheiro vai ser oferecido à The Trotter Project, que aposta na educação de novos talentos da cozinha, através de cursos, workshops e bolas de estudo.