Foi bonita a festa (pá), mas brindou-se demasiadas vezes ao novo ano para que alguém pense sequer em levantar-se dia 1 de janeiro para cozinhar.

Problema? Há todo um país na mesma situação e são às centenas os restaurantes e cafés fechados no primeiro dia do ano. Felizmente, há quem seja solidário à dor da preguiça (não lhe vamos chamar ressaca) e abra portas à primeira refeição de 2019.

Reunimos algumas sugestões, em Lisboa e no Porto, com opções que vão desde a comida asiática, a francesinhas, tacos mexicanos e brunches de ressaca (são os próprios a dar o nome, não temos culpa).

Soão, Lisboa

Fugir à tradição e começar 2019 a Oriente. Porque não? No Soão, as propostas vão do sushi e do sashimi até ao pho vietnamita (13,50€) — uma sopa de massa de arroz e rabo de boi, aromatizada com lima e especiarias vietnamitas — ou às coreanas Dakgangjeong (asas de frango com molho coreano e sementes de sésamo, 8€).

Para brindar ao que aí vem, o restaurante criou um cocktail especial. Chama-se Bloody Ming (11€) e junta vodka Nikka, tomate triturado, caldo de Pho, lima e um molho especial do sous-chef do restaurante, Buranet Pornthep.

Morada: Avenida de Roma, 100, Lisboa
Horário: 12h30-15h30 e 19h30-23h00 (sábado 12h30-24h, domingo 12h30-23h)

Faz Figura, Lisboa

O Faz Figura decidiu encurtar a carta para o almoço de dia 1 de janeiro. Assim, não se perde em indecisões e tem a garantia de começar o ano com o mais típico que a comida portuguesa tem para oferecer. Das entradas faz parte o folhado de queijo da serra com mel (9,25€), há cabrito assado (23,50€) e bacalhau à Faz Figura (23€) para prato principal e, nas sobremesas, pudim abade de Priscos (7,25€) e mousse de castanha (7,50€).

Morada: Rua do Paraíso, 15B, Lisboa
Horário: 12h30-24, segunda-feira 19h30-24h

8 fotos

Galeto

O Galeto é daqueles que nunca nos falha. Está aberto todos os dias do ano (à exceção do 1 de maio, Dia do Trabalhador) e a (quase) todas as horas.

O menu não é especial de ano novo, mas podemos sempre guardar esse dia para comer os pratos mais típicos deste restaurante com mais de 50 anos.

Há o Bife à Galeto (16,85€) ou a sopa de cebola (2,75€). Mas se quiser começar o ano em grande sugerimos então uma combinação que não se encontra em mais lado nenhum: hambúrguer em pão brioche com maionese e pickles (6,05€), que faz parte do menu de pequeno-almoço, mas que pode ser acompanhado por café com leite ou 1/4 de garrafa de vinho.

Morada: Avenida da República, 14, Lisboa
Horário: 7h30-3h30

Treestory. Abriu o primeiro restaurante georgiano em Lisboa, e vem com amor e em doses XL

Bar Evolution, Lisboa

Este é para aqueles que acordam e tomam como primeira resolução do ano o “nunca mais bebo”. O Hotel Evolution preparou um ‘Brunch da Ressaca”, servido das 12 às 15 horas com pré-reserva e pré-pagamento, com tudo o que o corpo precisa para recuperar de uma noitada. Canja de galinha, mini hambúrgueres, bacon, ovos, guacamole, mini cachorros quentes, salsichas, panquecas, queijos, pão d’alho com tomate, baked beans, tomate assado, cogumelos salteados, salmão fumado, iogurtes, cereais, pães e bolos. Pela mesa vão estar também Água das Pedras e Gurosan.

Morada: Praça Duque de Saldanha, 4, Lisboa
Horário: não fecha

8 fotos

Boa Bao, Porto e Lisboa

Esta é uma viagem válida até 2 de janeiro e, por isso, porque não aproveitar o primeiro dia do ano para uma degustação oriental?

Além das opções habituais da carta, os restaurantes Boa Bao, em Lisboa e no Porto, têm um menu especial, a que deram o nome de Viagem de Fim de Ano. Ao optar por esta ementa, há pratos como a sopa ácida picante de caranguejo de casca mole (9€), típica da China, ou lulas recheadas com Ketupat Sotong, prato da Malásia (9,50€). A viagem continua pela Tailândia com o caril vermelho com pato, lichia, ananás e tomate (18€) e termina com corvina Sakamushi, broccolini Goma-Ae e ginger rice do Japão (19,5€).

Morada: Largo Rafael Bordalo Pinheiro, 30, Lisboa e Rua da Picaria, 61-65, Porto
Horário: 12h-23h (sexta-feira e sábado até à 00h30)

Há novos restaurantes em Lisboa e no Porto. Conheça 25

Capa Negra, Porto

É um clássico sem dia marcado, mas começar o ano com uma francesinha do Capa Negra só pode ser presságio de um bom ano. O restaurante está aberto a 1 de janeiro com a carta habitual e da qual nunca podem faltar as francesinhas, óbvio, mas também os rissóis de carne a servir de entrada à refeição.

As francesinhas vão desde a mini (6€) à tradicional (8,60€), com batata e ovo (11,50€). ou à sevilhana (12€), com direito a camarão.

Morada: Rua Campo Alegre, 191, Porto
Horário: 12h-01h45 (domingo até à meia-noite)

A Brasileira, Porto

O restaurante A Brasileira, renovado este ano, tanto no espaço como nos pratos a servir, aposta num buffet de almoço no dia 1. Por 80€, com bebidas incluídas, é possível começar com sopa e cinco saladas diferentes, um prato de bacalhau e outro de lombo de novilho, marisco, queijo e carnes frias. Para terminar, se ainda for possível, uma mesa com frutas, sobremesas de autor e outras tantas tradicionais, desde a aletria às rabanadas.

Morada: Rua de Sá da Bandeira, 75, Porto
Horário: 12h30-15h30 e 19h30-23h

Dop, Porto

É um dos restaurantes do chef Rui Paula, que tem vindo a pintar o Porto com a arte do bem servir. No Dop, o menu mantém-se o mesmo no primeiro dia do ano e, ainda que haja opções à carta, sugerimos um dos dois menus de degustação disponíveis. O Menu Memória custa 80€ por pessoa e é composto por duas entradas, uma sobremesa e dois pratos principais: javali e caldeirada de bacalhau. Já no Menu Mar (90€), todos os pratos são de peixe e marisco, incluindo os dois principais: robalo com xerém de bivalves e salmão, abacate e gambas

Morada: Palácio das Artes, Largo de S. Domingos, 18, Porto
Horário: 12h30-15h e 19h-23h (segunda-feira 19h-23h, fecha ao domingo)