Tirar uma fotografia para as redes sociais já não é uma tarefa assim tão fácil. Conseguir mais gostos e comentários implica um esforço acrescido quando se tira uma selfie.

As primeiras dez tentativas são para esquecer. A expressão não era a melhor e em cinco delas o cabelo ganhou vida própria. No fim, a galeria acaba com 200 fotografias novas e apenas uma está perfeita.

Para salvação de todos os que passam por isto, um novo estudo dá uma solução bem simples para aumentar a visibilidade dos seus posts.

Na pesquisa publicada no jornal científico “Laterality”, o Dr. Annukka K. Lindell, investigador na La Trobe University, em Bandoora, na Austrália, sugere que ter uma das bochechas mais exposta na selfie pode aumentar de forma significativa o número de gostos.

Já morreram 259 pessoas a tentar tirar a selfie perfeita (e a tendência é para piorar)

Durante a investigação foram usadas 20 contas do Instagram, incluindo a de Rihanna e Nicki Minaj e Lindell selecionou dez publicações onde cada uma das bochechas aparecia mais realçada. As 400 fotografias que analisou somaram mais mil milhões de gostos e 14 milhões de comentários.

Após a recolha dos dados, a análise revelou que aquelas em que a face esquerda aparece com maior destaque obtiveram 330 mil gostos a mais.

Uma das fundadoras do Instagram fechou a conta. “Parece que estamos todos viciados numa droga que já não nos faz efeito”

Num estudo mais antigo, o mesmo autor recorreu a 2000 mil fotografias do Instagram para estudar as poses preferidas dos utilizadores. Na conclusão lê-se que 41% dos indivíduos realça a bochecha esquerda, enquanto 31,5% a direita. Os restantes não mostram preferência por nenhum dos lados.

Pode parecer estranho que este pormenor tenha tanta influência, mas a explicação está associada à maneira como o nosso cérebro processa emoções: o lado direito da face implica maior esforço na expressão emocional, enquanto o esquerdo o faz com muito mais facilidade.

É normal que as selfies que exponham a bochecha esquerda conseguem mais visibilidade já que expressam muito mais emoções.