Já se esperava que esta cerimónia de compromisso do “Casados à Primeira Vista” , transmitida neste domingo, dia 16, fosse de grandes decisões. Afinal, era a última oportunidade para dizer sim ou não a uma vida a dois sob o olhar das câmaras. A partir de agora, segue-se uma fase de reflexão, para que percebam se querem manter-se casados.

As imagens do que se passa durante a semana e mesmo nos jantares que têm em grupo mostram que nenhum dos casais ainda em jogo no programa da SIC vive uma vida a dois sem problemas e há casos, como o do Dave e da Eliana, em que tudo fazia prever uma rutura. No entanto, apenas um casal deu por terminada a relação. Hugo e Ana escrevem a palavra ‘terminar’ no papel que apresentam ao painel de especialistas que os juntou e seguem caminhos separados, dando nota que, entre os dois, não ficou sequer uma amizade. “Eu queria encontrar o amor e encontrei o maior pesadelo da minha vida”, diz Hugo.

Daniela e Daniel

Ainda que continuem com dúvidas sobre o futuro da relação, ambos têm pontos positivos a tirar desta experiência e Daniel garante que vai sentir saudades da Daniela, caso o futuro não seja a dois.

Mas pensando numa vida em comum, admitem que a distância possa ser um problema, uma vez que a Daniela é de Setúbal e Daniel é das Caldas da Rainha e ambos têm filhos, o que os prende ainda mais às rotinas da terra natal.

Ainda assim, os dois escolhem avançar e comprometem-se a fazer mais para verem a relação crescer.

“Casados à Primeira Vista”. O que se passa fora do programa

Hugo e Ana

No jantar de grupo, o clima entre o casal estava até mais animado do que o costume. Hugo admite que, com a Ana, aprendeu a dizer sempre o que sente. “Ela faz isso muito bem e que já faço muito melhor do que antigamente”. Os dois dão um abraço e os especialistas reconhecem naquele Hugo, aquele que tinham conhecido nas entrevistas e que, ao longo do programa, se transformou.

A partir daquele momento, o cenário muda. Relembrando os momentos mais marcantes do programa, Hugo lembra a lua de mel, “um momento especial”, mas garante que a partir dali viveu tempos de rejeição por parte de Ana.

Numa discussão, refere-se a Ana como “a Madonna de Odivelas” e Ana acredita que Hugo é um tarado, tendo em conta a quantidade de vezes que se refere a sexo. “Vejo no Hugo um tarado, uma pessoa com distúrbios de personalidade”.

Sem surpresas, Hugo escreve terminar, Ana também, acrescentando ao papel da decisão ainda as palavras angústia, desilusão e tristeza.

Graça e José Luís

“É o homem que mais me fez rir até hoje”, diz Graça, referindo-se a Zé Luís. E continua nos elogios quando fala da forma como o marido lidou com os dias de campismo que o grupo teve durante a semana e que fogem às comodidades a que Zé Luís está habituado. “De facto, sinto-me um homem diferente, com outra alegria de viver”, refere Zé Luís.

A intimidade entre os dois continua a ser um problema e Graça, quando lhe é dada oportunidade, confronta Zé Luís com uma pergunta: “Alguma vez te sentiste fisicamente atraído por mim?”. Zé Luís garante que no dia dia do casamento isso aconteceu, mas que depois as coisas mudaram, ainda que acredite que tudo possa melhorar.

Na hora da decisão final, Graça decide continuar e Zé Luís acompanha a decisão e até desenha um coração ao lado da palavra ‘ficar’. “Afinal ainda é mais romântico do que eu”, brinca Graça.

O Instagram dos concorrentes de “Casados à Primeira Vista”

Cláudio e Isabel

Cláudio já sabe o que tem que mudar para que a relação com Isabel funcione. “Melhorar a comunicação, expressar-me melhor, dizer as coisas e não guardar, como costumava fazer”, admitiu ao grupo, ainda durante o jantar.

Também para este casal, a distância é um problema, uma vez que Cláudio é madeirense. No entanto, os dois concordam em namorar, viajar e conhecerem-se melhor antes de darem o passo de viver juntos.

Os dois escolhem ficar. “Eu ainda tenho interesse em conhecer melhor a Isabel e não desisti da relação”, refere Cláudio.

Eliana e Dave

Durante a semana, Dave confessa a Eliana que não vê “um futuro muito promissor” a dois e Eliana admite que Dave “é muito menino” para o que imaginava como marido.

Em frente ao painel de especialistas, durante a cerimónia de compromisso, Dave garante que a sua felicidade não depende de Eliana. Já Eliana lembra que Dave tem todas as qualidades que tinha pedido no início do programa e que o problema não está nele, mas em si. “Eu assumo grande parte da responsabilidade do que falhou”, salienta.

Ainda assim, os dois escrevem ‘ficar’ na folha de decisão e os especialistas acreditam que a resposta final vai chegar nestes próximos dias em que os dois vão estar separados, até perceberem se o casamento é para manter.