Alguém o tratou mal no emprego? Isso pode estar a afetar o seu sono

Um estudo norte-americano analisou os efeitos do mau ambiente de trabalho no sono e concluiu que até podem prejudicar o do seu parceiro

Dificuldade em adormecer e acordar a meio da noite são algumas das consequências de um ambiente de trabalho stressante

Gregory Pappas / Unsplash

Um mau ambiente de trabalho tem muitas contrariedades. Para além de lhe causar stresse e prejudicar a produtividade, pode afetá-lo mesmo quando já se encontra em casa e até interferir no seu sono e no do seu parceiro também.

Uma investigação levada a cabo por especialistas da Universidade de Portland e da Universidade do Illinois (Estados Unidos) estudou as consequências dos maus ambientes de trabalho e o impacto que estes têm no sono dos trabalhadores, bem como no dos seus companheiros.

Os 305 casais que participaram no estudo, em que ambos os elementos trabalhavam mais de 20 horas por semana, responderam a um questionário sobre as situações indelicadas e negativas por que passaram no local de trabalho no último mês, a quantidade de tempo que demoravam a processar os momentos maus e os sintomas de insónia que manifestaram, sendo que os investigadores cruzaram as respostas de todos os participantes com as dos parceiros.

Como exemplos de situações rudes no local de trabalho, os investigadores assinalaram várias opções como “um colega não o incluiu em eventos fora do escritório” ou “alguém o menorizou”.

Para terem a certeza de que as insónias estavam relacionadas com o mau ambiente de trabalho, os especialistas excluíram outros fatores, e também analisaram o consumo de cafeína dos elementos da amostra, bem como outros eventos stressantes sem qualquer ligação ao seu emprego.

As conclusões não deixaram margem para dúvidas: quando um dos participantes passava por situações rudes no trabalho, o sono era imediatamente afetado. Dificuldade em adormecer ou acordar a meio da noite foram alguns dos sinais reportados, sendo que o sono dos parceiros também perdera qualidade — mas apenas se trabalhassem na mesma empresa ou se tivessem a mesma ocupação profissional.

“Os casais que têm uma ligação profissional, seja por trabalharem no mesmo local ou por terem profissões iguais, conseguem apoiar-se mais”, explica Charlotte Fritz, a investigadora principal do estudo, que acrescenta que tal acontece “por terem uma melhor noção do contexto em que as atitudes negativas podem surgir”. Mas “também acabam por levar as situações mais a peito e por se envolverem nelas”.

Para que seja possível ultrapassar os efeitos negativos que estas situações no ambiente de trabalho causam no sono (e caso o abandono da empresa esteja fora de questão), a meditação, bem como arranjar um hobbie ou passar tempo com família e amigos podem ser a resposta.

Mas atenção: não deve deixar de partilhar com o seu parceiro os episódios que atravessa no emprego, mesmo que tenha medo de o afetar. “Os casais podem falar sobre trabalho, discutir o que se passou e criar boas condições para que o sono de ambos não seja prejudicado”, salienta Charlotte Fritz.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]