A Bola de Ouro não foi a única vítima de sexismo

, por Catarina Ferreira Gonçalves