Os 5 melhores momentos de Ricardo Araújo Pereira na televisão

Lembra-se da sátira hilariante a Valentim Loureiro? O humorista vai ter um novo programa na TVI que promete momentos semelhantes.

O novo programa será uma espécie de talk show semelhante ao "The Daily Show", apresentado por Trevor Noah

Depois de anunciado o regresso de “Morangos com Açúcar”, a série juvenil mais popular da televisão, e a chegada de “O Contentor”, o programa insólito que vai pôr os concorrentes completamente nus em desafios, sabe-se agora que Ricardo Araújo Pereira vai ter um programa de televisão na TVI, além do já existente “Governo Sombra”.

A notícia foi avançada esta sexta-feira, 30 de novembro, pela plataforma “Meios & Publicidade“, que diz que será uma espécie de talk show semelhante ao “The Daily Show”, agora apresentado por Trevor Noah. Segundo a mesma publicação, este novo formato tem data de estreia já para janeiro e será transmitido imediatamente a seguir ao “Jornal das 8”.

A equipa vai contar com Miguel Góis e José Diogo Quintela, os mesmos que, juntamente como Ricardo Araújo Pereira, ajudaram a tornar os Gato Fedorento num grupo de humor reconhecido e respeitado.

A propósito do seu novo programa, a MAGG recolheu os 5 melhores momentos do humorista.

Ricardo Araújo Pereira sobre o Benfica, no “Governo Sombra”

Foi no programa “Governo Sombra” que Ricardo Araújo Pereira protagonizou um dos seus momentos mais marcantes. No rescaldo do primeiro campeonato ganho pelo Benfica, já sem Jorge Jesus, o humorista assumiu que nunca acreditou em Rui Vitória, o atual treinador, e criticou a estratégia do presidente, Luís Filipe Vieira, ao ceder Jorge Jesus para o rival — o Sporting.

“Eu quero que o Benfica ganhe. Mais do que querer, eu preciso disto na minha vida. (…) Mantenho tudo o que disse: ceder o treinador para o rival é estúpido. Vocês até podem dizer que isso pode funcionar, mas epá, atravessar a autoestrada a correr também pode funcionar, mas é estupidez”, disse Ricardo Araújo Pereira num monólogo repleto de momentos engraçados.

Sobre a arte de comer pudins, no “Programa do Jô”

Foi no “Programa do Jô”, apresentado por Jô Soares, no Brasil, que o humorista deu uma entrevista descontraída e engraçada. Além de falar do seu percurso na área da comédia e do início dos Gato Fedorento, Ricardo Araújo Pereira mostrou ainda como costuma comer os seus pudim flan — sorvendo e engolindo de imediato.

Para delírio da plateia, num momento que pareceu totalmente improvisado, o humorista repetiu a técnica várias vezes para explicar como se fazia e é já hoje um dos vídeos mais partilhados nas redes sociais.

Treinou kickboxing no “5 Para a Meia Noite”

Apresentado por Nuno Markl em 2012, o “5 Para a Meia Noite” meteu Ricardo Araújo Pereira a dar murros e pontapés num saco de boxe, de maneira a dar oportunidade ao humorista de mostrar todas as técnicas que aprendeu a dominar durante os treinos de kickboxing.

Apesar de o saco que estava no estúdio ser ligeiramente diferente daquele que tinha em casa (que pesava cerca de 65 quilos), o comediante exemplificou como eram alguns dos seus treinos e mostrou como afastar o oponente com os punhos.

A entrevista a José Sócrates em “Esmiúça os Sufrágios”

Embora, anos mais tarde, fosse acusado de ter entrevistas combinadas e previamente preparadas, “Esmiúça os Sufrágios” foi um programa de humor que servia o propósito de ser contra-poder ao oferecer oposição, através de humor, a vários políticos responsáveis pela governação e oposição do País na altura.

Depois de vários convidados importantes como Manuela Ferreira Leite ou Paulo Portas, talvez o convidado mais emblemático tenha sido José Sócrates, na altura primeiro-ministro. Ao longo da entrevista, Ricardo Araújo Pereira fez várias provocações, a começar pela presença do portátil Magalhães — o computador para crianças que foi criado no âmbito do programa e-escolinha, durante a governação de Sócrates.

Mas houve também muitas perguntas desconfortáveis, como a observação por parte do humorista acerca da governação instável de Sócrates. “Não acha irónico que o primeiro-ministro esteja tão preocupado em arranjar emprego para os portuguesas, no mesmo momento em que aparenta ter dificuldades em manter o seu?”

A sátira a Valentim Loureiro

Quando Valentim Loureiro foi acusado de burla qualificada na Câmara Municipal de Gondomar, Ricardo Araújo Pereira satirizou a figura do autarca que se arriscava a um ano e dez meses de prisão por branqueamento de capitais.

O sketch apresentado durante o programa “Diz Que É Uma Espécie de Magazine” tornou-se num dos mais conhecidos do grupo, com Ricardo Araújo Pereira a representar o autarca indignado face às acusações de que era alvo.

Face à pergunta de um dos humoristas, sobre as pessoas envolvidas terem ligações diretas com Valentim Loureiro, o autarca (ou melhor, o comediante) respondeu que os envolvidos eram só o filho dele, o vice-presidente da Câmara que presidia e o dirigente do Boavista — que era do seu clube — e que só os tinha visto “cerca de 700 vezes”.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]