Afinal, o que é que aconteceu a Rick em “The Walking Dead”?

Ainda há a possibilidade de voltar a ser protagonista da história?Atenção, este artigo contém spoilers sobre o 5.º episódio.

Rick Grimes disse adeus, mas foi mais uma espécie de "até já"

AMC

Depois de semanas de especulação e de várias notícias a avançar a possível morte da personagem principal da história, a AMC surpreendeu os fãs da série ao fazer o impensável. E apesar de o quinto episódio só estrear esta segunda-feira, 5 de novembro, às 22h15 na Fox, a MAGG viu-o assim que foi transmitido nos EUA e conta-lhe tudo o que aconteceu naquele que era para ser o último de Andrew Lincoln (“Afterlife”) na pele do xerife e líder do grupo. Atenção. este artigo contém spoilers. 

Depois de nove temporadas a fugir dos zombies e a lutar contra outros grupos de sobreviventes, o quinto episódio da mais recente temporada de “The Walking Dead” deixava apenas uma certeza: Rick Grimes ia dizer adeus, só não se sabia como. Podia morrer de forma violenta, como a série fez questão de habituar os seus espectadores, ou Rick podia simplesmente escolher separar-se do grupo que liderou durante anos.

Qualquer uma das opções era válida, especialmente se se tiver em consideração a quantidade de conflitos que a personagem protagonizava. A bem ou a mal, Rick tinha mesmo de ir. O problema é que foi, mas deixou a porta aberta para um regresso assim que as audiências o ditarem.

Rick não morreu mas esteve quase quando, nos momentos finais, cai sobre um bloco de tijolo e um ferro enorme o perfura das costas até à barriga. Ao longe aproxima-se um grupo de zombies que, motivado pelo cheiro a carne fresca, se prepara para dilacerar o protagonista — pedaço a pedaço. Mas não foi isso que aconteceu e a personagem conseguiu escapar montado no seu cavalo branco e sem destino.

O resto do episódio é marcado por momentos de alucinações onde Rick é confrontado por alguns dos companheiros e amigos que morreram em “The Walking Dead”, como Shane (Jon Bernthal), Sasha (Sonequa Martin-Green) e Hershel (Scott Wilson). De volta à vida real e já desperto, Rick apercebe-se que está numa ponte mal construída a conduzir o grupo de zombies para a comunidade de Hilltop. Ferido, completamente cercado e sem esperança, decide sacrificar-se e explodir com a ponte. Fim, Rick Grimes estava morto. Ou pelo menos é essa a ideia que a série quis fazer passar durante alguns minutos, quando mostra grande parte do grupo de Rick (que viu tudo aquilo acontecer) em choque e em lágrimas.

Na verdade, e embora eles ainda não o saibam, Rick sobrevive e é resgatado por um grupo de sobreviventes que o salva da morte certa. Pior: há um salto temporal e a série avança vários anos. Prova disso é quando, no último minuto do episódio, a última personagem a aparecer é Judith, a bebé de Rick e Lorie que agora tem mais de dez anos e já segue as pisadas do pai e do irmão ao matar zombies com uma espada.

O suspense que foi sendo criando ao longo do episódio não serviu para nada e “The Walking Dead” mostra mais mais uma vez como tem medo de arriscar. É que apesar de Andrew Lincoln ter saído mesmo da série, é quase certo que eventualmente irá voltar quando as audiência estiverem ainda mais baixas. Além disso, a AMC já anunciou que vai lançar três novos filmes que têm como objetivo explicar o que aconteceu a Rick e explorar as suas novas aventuras longe do grupo que liderou durante anos.

A informação foi confirmada esta segunda-feira, 5 de novembro, por Scott M. Gimple, diretor de conteúdos da série, numa entrevista ao “The Hollywood Reporter”.

“Há mais história para contar, e nós vamos contá-la. De momento, estamos a trabalhar em três produções mas há uma maior flexibilidade. Além disso, vamos criar vários especiais ao longo dos anos onde iremos explorar o passado de algumas personagens antigas, mas também anunciar novas figuras e novas situações”, revelou.

“A personagem Rick Grimes é uma personagem incrível e o Andrew tem feito um trabalho incrível. Havia ideias que, com o decorrer dos anos, se iam tornando cada vez mais compatíveis com outros formatos que permitissem continuar a contar a história de Rick de uma outra maneira”, dissipando quaisquer dúvidas de que Rick sobreviveu mesmo aos acontecimentos do último episódio.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. fabiomartins@magg.pt