No próximo episódio de “Pesadelo na Cozinha“, transmitido no habitual horário nobre de domingo, 4 de novembro, a equipa de produção da TVI e Ljubomir Stanisic rumam ao norte de Portugal, com paragem em Braga, O restaurante que o chef vai tentar salvar é o Ninho dos Sabores, do proprietário Bruno Martinho.

Os preços demasiado baixos são um dos principais aspetos negativos apontados pelo chef do Bistro 100 Maneiras, que não poupou os funcionários daquela casa aos habituais gritos e palavrões, ao que a MAGG conseguiu apurar.

Ljubomir Stanisic. “Que se foda a televisão”

As alterações no estabelecimento, que apenas tinha concorrido ao programa na primeira edição, em 2017, quando ainda funcionava em Guimarães, não foram muito profundas. A cor de uma das paredes, como é costume, foi alterada, os preços ligeiramente aumentados, mas a carta mantém-se e o aspeto do restaurante está praticamente idêntico. Ainda assim, foi a cozinha, sob o comando da cunhada Susana, que mais sofreu com a pressão de Ljubomir Stanisic.

Nesta casa não parecem existir intrigas de família, falta de higiene ou sequer uma situação financeira de risco. Os clientes parecem estar satisfeitos com a oferta do espaço: já que, segundo Bruno Martinho, no almoço de reinauguração depois do programa, quem provou o caldo verde do chef aconselhou o proprietário a que se mantivesse fiel à receita original, que considerou bastante mais saborosa.

Na noite do programa revelamos mais pormenores. Até lá, fique com 21 imagens do Ninho dos Sabores antes de sofrer qualquer intervenção.

21 fotos