Sacha Baron Cohen quase foi Freddie Mercury no cinema — mas não se entendeu com os Queen

O ator inglês saiu do projeto por alegadas diferenças criativas. Roger Taylor diz que Sacha nunca levou Freddie Mercury a sério.

O ator inglês saiu do projeto em 2013

Picasa 2.7

Depois de mais de uma década de rumores sobre um filme focado na vida de Freddie Mercury, “Bohemian Rhapsody” chega aos cinemas portugueses esta quarta-feira, 31 de outubro. Mas enquanto o mundo se começa a render à interpretação de Remi Malek (“Mr. Robot”) como o inesquecível vocalista dos Queen, chegam agora novas revelações sobre o ator que esteve quase para assumir o papel de Freddie Mercury: Sacha Baron Cohen (“Borat”).

Já se sabia que o ator e humorista inglês, conhecido pela sua irreverência, tinha sido sondado para o papel. Porém, e de acordo com o site “Deadline”, Sacha Baron Cohen terá saído do projeto em 2013, devido a diferenças de opinião sobre o rumo que o filme deveria tomar.

Enquanto que o ator fazia questão que algumas cenas mais polémicas estivessem presentes no filme, de forma a garantir a autenticidade, os elementos dos Queen, que tinham uma palavra a dizer na produção, preferiam manter privadas algumas partes da história de vida de Freddie Mercury e da banda.

“Há histórias fantásticas de Freddie Mercury. O homem era incrível e arrojado. Há histórias de anões com pratos de cocaína na cabeça a andar por uma festa”, afirmou Sacha Baron Cohen numa entrevista a Howard Stern, acrescentando ainda que esses momentos não iriam estar presentes no filme. “Quiseram proteger o legado da banda”, afirmou o ator, que também teceu considerações sobre Brian May, afirmando que este era “um músico incrível”, mas um mau produtor cinematográfico.

No entanto, Roger Taylor vem agora afirmar que Sacha Baron Cohen nunca levou o projeto a sério. “Houve muita conversa sobre o Sacha mas nunca esteve realmente confirmado. Não achei que ele levasse o projeto suficientemente a sério, que levasse Freddie a sério”, declarou o baterista da banda à Associated Press.

Já sobre Remi Malek, que interpreta Mercury em “Boehmian Rhapsody”, Roger Taylor não podia ter mais elogios a tecer ao ator: “Ele é fantástico. Graças a Deus que o encontrámos. É um homem incrível em todos os sentidos, dedicado e muito talentoso. Não conseguiríamos ter encontrado melhor!”.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]