Caroll Spinney, o ator que interpreta o famoso Big Bird, o Poupas da Rua Sésamo, que passou na RTP, em Portugal, entre 1989 e 1996, vai retirar-se ao fim de quase 50 anos a dar vida a duas das personagens mais adoradas do programa infantil.

Para além da gigante ave amarela, o marionetista deu vida a Oscar the Grouch desde o primeiro episódio, em 1969. O anúncio foi feito através de um comunicado divulgado pela Sesame Workshop, a organização responsável pela produção da Rua Sésamo, originalmente conhecida como Sesame Street.

Aos 84 anos, Caroll Spinney entrega a representação de Poupas a Matt Vogel, que o acompanha ao longo do programa, desde 1996. Já Oscar the Grouch vai passar para Eric Jacobson.

Spinney admitiu que nunca pensou muito em sair do programa, mas nos últimos anos começou a desenvolver problemas de equilíbrio, deixando-o incapaz de responder às exigências físicas que as personagens pediam.

Desde 2015 que o marionetista deixou de vestir o fato de Poupas e de Oscar the Grouch e apenas lhes dá voz. Esta semana será a última vez que Spinney falará pelas duas marionetas, em episódios que só vão ser passados em 2019, quando a Rua Sésamo completar 50 anos.

15 T-shirts com desenhos animados à venda nas lojas (isto agora é tendência e está em todo o lado)

Numa entrevista ao “New York Times”, em sua casa, rodeado por muitos quadros do Poupas e até de um boneco gigante do pássaro amarelo, o ator, que fez mais de 4400 episódios do famoso programa, afirmou que vai permanecer na família da Rua Sésamo, como embaixador.

“O Poupas foi sempre a personagem com maior coração e esse é o melhor presente de Caroll”, afirmou Jeffrey Dunn, o presidente da Sesame Workshop ao jornal. “Acho que é justo dizer que a maneira como Caroll vê o mundo deu forma e definição à nossa organização”, acrescentou. Esta é responsável pela produção de diversos programas educacionais para crianças, incluindo a “Rua Sésamo”.

O Poupas tornou-se desde cedo símbolo da juventude aparecendo também noutros programas de televisão como o “Saturday Night Live”, “The West Wing” e “The Colbert Report” e chegou a ser protagonista do musical “Follow That Bird”. E até um documentário houve, intitulado de “I am Big Bird”, em 2014, em que Caroll aparece, como não podia deixar de ser.

E se Caroll foi importante para o programa, este também o marcou decisivamente. “Antes de chegar à ‘Rua Sésamo’, não sentia que o que fazia era muito importante. O Poupas ajudou-me a encontrar o meu propósito na vida”, afirmou o marionetista. “Mesmo agora que vou deixar os papéis, sinto que vou ser sempre o Poupas. E mesmo o Oscar, de vez em quando. Deram-me uma enorme alegria, conduziram-me ao meu verdadeiro chamamento e até à minha maravilhosa esposa”, acrescentou o marionetista ao “New York Times”.