Fui ver como é que se fazem obras de arte com cabelos

Não é todos os dias que se consegue ir ao backstage da ModaLisboa ver como trabalham as cabeleireiras do evento. Fiquei maravilhada.

Quando assistimos a um desfile de moda, muitas vezes não pensamos nas horas de trabalho que têm que existir para que tudo corra como foi planeado. E isso só é possível se as várias equipas tiverem excelentes profissionais.

Este domingo, tive o privilégio de estar presente no backstage da Moda Lisboa, onde acompanhei todo o processo anterior a cada desfile, e não pude deixar de reparar na importância do papel das hairstylists L’Oréal Professionnel neste evento. Afinal de contas, os penteados são tão relevantes como os modelos, as maquilhagens, os locais e as músicas escolhidas. E já pensaram na responsabilidade da equipa de cabeleireiros? Têm que conseguir corresponder às expetativas dos criadores, o que se pode tornar muito difícil. Nem sempre a mensagem é bem transmitida ou recebida e a verdade é que isso pode comprometer o trabalho de uma equipa inteira.

A utilização de bons produtos é fundamental para se conseguir um bom resultado e manter sempre o cabelo dos modelos saudável, já que vivem da imagem. Além disto, não nos podemos esquecer que a confiança de cada modelo também está aqui em jogo e todos os profissionais que os rodeiam têm também o dever de os ajudar a sentir bem para que consigam arrasar na hora da verdade. E por fim: a equipa da L’Oréal Professionnel sentir que conseguiu atingir um bom resultado final, correspondendo a todas as exigências, e indo ao encontro de cada peça de roupa, de cada rosto e de cada desfile.

Por tudo isto fiquei completamente fascinada e percebi que “arranjar cabelos” não é um simples trabalho, mas sim uma verdadeira obra de arte. Saí daqui impressionada.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]