Samadhi. A nova loja que vende tudo para ioga “Made in Portugal”

Helena Valente criou a Samadhi, uma marca portuguesa de tapetes, roupa e acessórios para a prática de ioga.

Helena começou por vender tapetes e blocos de cortiça, mas entretanto tem também disponível roupa, livros e outros acessórios

Helena Valente pratica ioga há dez anos e sabia que sempre que precisava de um tapete novo ou de mais roupa adequada à prática tinha de recorrer às encomendas feitas noutros países, quase sempre vindas da Bélgica ou Inglaterra.

“Ao longo dos tempos percebi que esta não era uma dificuldade só minha, até porque há cada vez mais praticantes de ioga em Portugal”, explicou à MAGG. Foi esse crescimento da prática a nível nacional que a fez criar a primeira marca portuguesa totalmente dedicada ao ioga.

Na Samadhi — nome dado ao estado máximo de meditação, e que Helena escolheu para a marca — vendem-se tapetes e acessórios para a prática de ioga, mas também roupa, livros e até chás.

A marca nasceu quando Helena, 43 anos, decidiu deixar Angola, onde trabalhava na área da iluminação, para voltar a Portugal. Neste momento, já em Vila do Conde, de onde é natural, gere uma marca que podia ser de produção 100% nacional, não fosse a exceção feita aos tapetes de borracha, que tem que encomendar da Alemanha ou da China. “Tudo o resto, inclusive os tapetes feitos de cortiça, são feitos com matéria-prima portuguesa e em fábricas nacionais, maioritariamente do norte”, refere.

Para já, os produtos estão à venda apenas através do site e a marca está também presente em feiras e mercados dedicados ao ioga. “Ainda não avancei para a loja física porque, para já, o mercado está disperso. Mas não descarto essa possibilidade”, admite.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]