“Élite”. O que precisa de saber sobre a série da Netflix com os atores de “La Casa de Papel”

É para os fãs de "Físico-Química" e "Morangos Com Açúcar", já que mistura os dramas da adolescência com um assassino mistério numa escola.

Tudo começa quando um grupo de alunos pobre é obrigado a estudar na escola mais rica e exclusiva de Espanha

Netflix

Na nova série da Netflix, não há macacões vermelhos, planos mirabolantes para roubar mais de dois mil milhões de euros da Casa da Moeda espanhola, ou reviravoltas intensas que na verdade não são assim tão surpreendentes. “Élite” que não tem nada daquilo a que “La Casa de Papel” nos habitou mas promete ser o próximo grande vício de muitas pessoas, principalmente aquelas que viveram com algumas intensidade séries como “Gossip Girl”“Físico-Química” ou até mesmo os “Morangos Com Açúcar”.

Todo o cenário caótico e frenético de “La Casa de Papel” é substituído por um drama juvenil que ganha forma quando, depois de uma catástrofe natural, um grupo de estudantes de classe média-baixa é obrigado a mudar-se para Las Encinas — uma das escolas mais ricas de Espanha, onde todos os estudantes fazem parte das famílias mais importantes e influentes do país.

“Élite” chega à Netflix esta sexta-feira, 5 de outubro, e a MAGG mostra-lhe tudo o que precisa de saber sobre a série de que toda a gente está a falar.

Mas onde está o drama na série?

Os conflitos começam quando os alunos privilegiados são obrigados a lidar com os estudantes mais pobres, mas não se fica por aqui. É que tudo piora quando entre discussões, confrontos e incompatibilidades de egos, um estudante aparece morto e o caos instaura-se na escola Las Encinas.

O trailer da série mostra várias cenas de sexo, uso de drogas e confrontos violentos entre os estudantes e a linha narrativa será muito semelhante àquela que foi usada em “Big Little Lies” — onde em cada episódio é dado a entender que uma das personagens é o responsável pelo crime. Quando estão todos convictos de que determinada personagem é culpada, há uma reviravolta e as teorias mudam outra vez.

Porque está a ser associada a “La Casa de Papel”?

A única semelhança entre as duas séries é a presença de três atores que ganharam maior notoriedade depois de terem tido participações importantes em “La Casa de Papel”. São eles Maria Pedraza (“Si Fueras Tú”), que interpretava a filha do embaixador britânico, Miguel Herrán (“Byron”) e Jaime Lorente (“La Sombra de la Ley”), mais conhecidos por dar vida a a Rio e Denver, respetivamente, dois dos assaltantes de macacões vermelhos e com máscaras de Salvador Dalí.

O responsável pela série também criou “Físico-Química”

“Elíte” foi pensada e criada por Carlos Montero (“Dinero Fácil”), o mesmo responsável por assinar “Físico-Química” — uma série espanhola que abordava os dramas de um grupo de adolescentes numa escola secundária. A série ficou conhecida pela honestidade e frieza com que retratava certas situações de violência, assédio sexual, discriminação e abuso de drogas entre os mais jovens.

A expectativa é que o conteúdo da nova série seja apresentada da mesma forma, precisamente para atrair mais público à plataforma de streaming e a uma possível subscrição ao serviço da Netflix.

Quantos episódios vai ter a primeira temporada?

A primeira temporada vai contar com oito episódios que vão rondar os habituais 50 minutos. Apesar da expectativa e de todo o buzz que se gerou nas redes sociais aquando do anúncio de estreia, ainda não se sabe se há planos para uma segunda temporada — tudo dependerá da adesão do público à série.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]