Se os lisboetas acham que a cidade não aguenta mais com turistas, o que dirão os desgraçados dos moradores de Praga? É uma das cidades mais visitadas da Europa, nas épocas tradicionais de férias é quase impossível atravessar a Ponte Carlos a pé sem estar enfiado no meio de milhares de turistas, mas isto também acontece por uma razão: Praga é encantadora. Em 2014 já estava na lista de 25 cidades mais visitadas, segundo a escolha dos turistas no Tripadvisor. Desde esse ano que tem sempre ficado no top 10 e este ano é a 7ª capital mais visitada do mundo.

Uma cidade com imensas atrações para ver, desde a Staroměstské Náměstí, praça da cidade velha, até ao relógio astronómico Staroměstská radnice. Mas nenhuma viagem fica completa se não descobrir todos os recantos da cidade — e os seus segredos. Para dar uma ajuda, a MAGG tem sugestões de sítios mais secretos e não tão turísticos para juntar a esta lista. Mas antes, falemos em voos.

Para chegar a Praga, pode optar por voos a partir de Lisboa, diretos da TAP, ou com escala da KLM. Na TAP, os preços em época alta andam entre os 178€ e os 209€ e em época baixa entre os 178€ e os 386€. Os valores na KLM na época alta podem variar entre os 154€ e os 300€, enquanto que em época baixa estão entre os 154€ e os 357€. Agora, vamos às recomendações.

#1 Strahovský Klášter, biblioteca do século XVII

Fica localizada numa colina de Praga e foi construída em 1140 e reconstruída inúmeras vezes por estragos causados por guerras. Contudo, não é nem a igreja, nem o próprio mosteiro em si que surpreendem os visitantes, mas sim a sua biblioteca. A biblioteca é dividida em duas salas principais: a Sala Teológica Barroca, que contêm mais de 18.000 livros religiosos e a Sala Filosófica, com cerca de 42.000 textos filosóficos. Aberto todos os dias das 9 às 17 horas, e o bilhete de admissão custa 120 CZK (equivalente a 5€).

#2 Matej Krén, instalação feita com livros

Uma instalação de livros, com uma enorme coleção de literatura, onde é impossível tirar livros, caso contrário colapsa. Esta interação encontra-se na Biblioteca Municipal de Praga e foi criada pelo artista Matej Kren. Os espelhos colocados no fundo da torre dão à exposição a ilusão de ser infinito. Para ver esta obra de arte, existe um buraco entre a instalação para que os visitantes consigam ver.

#3 SMM, o museu das máquinas sexuais

Talvez um museu um pouco estranho e impessoal. O museu que abriu as portas em 2002, é o único do mundo dedicado exclusivamente a máquinas de sexo. Conta com mais de 200 peças espalhadas por três andares, existem uma série de acessórios de estímulo, onde pode encontrar artefatos que vão até ao século XVI. Há também sapatos usados por antigas prostitutas gregas, fotos, aparatos eróticos de uma prisão feminina alemã e alguns dos primeiros filmes pornográficos. Aberto todos os dias das 10 às 22 horas, a entrada custa 250 CZK (equivalente a 10€)

#4 Cross Club, o bar com estilo futurista punk

O clube foi fundado por František Sádra Chmelík e o seu grupo de amigos em 2002. Na época, era um espaço discreto e privado para DJs e outros criativos checos poderem aprender. Ao longo dos anos, o espaço de ensaios transformou-se numa fábrica com três andares onde podiam, para além de dar concertos, produzir e aprender música. O Cross Club tem vários programas familiares durante o dia, teatro infantil e o “Ghettollege”, com palestras educativas sobre todos os temas. Estes são geralmente gratuitos e abertos ao público. Outros eventos incluem leituras de poesia, exposições, filmes e concursos. Há também um bar e café caso queira comer e dançar.

#5 Palác Lucerna, estátua do Rei num cavalo morto

Pendurado do teto de um dos museus mais conhecidos de Praga, encontra-se a estátua de um antigo rei montado num cavalo de cabeça para o ar. Foi criado pelo artista checo, David Černý, e a escultura é uma referência à mais famosa estátua equestre do rei Wenceslas, que fica na Praça Venceslau.

#6 Žižkovský vysílač, a torre de transmissão

Em 2002, o mesmo escultor do cavalo morto, David Černý, criou uma torre de controlo com esculturas de bebés rastejantes que estão presos à lateral da torre. Existem 10 bebés, cada um com cerca de 6 metros, são feitos de metal e têm códigos de barras. Um dos locais mais espetaculares da capital, bem como a estrutura mais alta, oferecem incríveis vistas panorâmicas da cidade a partir de uma plataforma de observação localizado a mais de 90 metros do chão. Atualmente, a torre tem um restaurante e um apartamento de um hotel de luxo com uma vista incrível. Durante a noite, a torre é iluminada com diferentes cores, geralmente as da bandeira nacional.

#7 Vinárna Čertovka, a rua mais estreita da capital

Vinárna Čertovka é considerada a rua mais estreita de Praga. Passa uma pessoa de cada vez por entre um caminho entre duas casas do bairro histórico da cidade. É impossível a passagem a mais de uma pessoa neste espaço, sendo que situações complicadas já se passaram. Como solução, foram instalados semáforos no inicio e no final da rua. Com o apertar de um botão, um pedestre pode alertar da sua passagem, a alguém que esteja à espera do outro lado. Para aqueles que são um pouco claustrofóbicos, a pequena rua é facilmente evitável, acabando por servir apenas de local turístico e não de passagem.

#8 Batalion Comic Book, café de banda desenhada

Kája Saudek, um dos principais ilustradores de banda desenha dos anos 70 na República Checa, inspirou-se em artistas norte-americanos para criar os seus livros. Depois de ter vários dos seus trabalhos proibidos por críticas e sátiras ao regime comunista da Checoslováquia, grande parte das suas obras acabaram por não ser disponibilizadas até 1990. Saudek faleceu em 2015, mas o seu trabalho continua a ser uma galeria permanente no Bar Batalion.

#9 Jelení příkop, o túnel pedestre

Perto do Castelo de Praga existe um vale selvagem chamado Jelení příkop (o Fosso dos Veados, que originalmente era um local de caça particular do rei. Hoje em dia é um parque público que se atravessa  por degraus de pedra, caminhos pavimentados, pontes, de madeira e um túnel pedestre de 84 metros.

#10 Valdstejnska Zahrada, a parede de estalactites

Localizado no Palácio Wallenstein, um edifício deslumbrante mas que leva as pessoas a visitar mais pelos seus jardins. Divididos em várias áreas distintas, encontra-se uma conhecida como A Gruta. Nesta parte, elementos reais e artificiais da natureza misturam-se criando uma paisagem surreal. Aqui, estalactites foram criando rostos humanos e de animais aleatoriamente distorcidos. Existem ainda uma enigma para resolver: passagem secretas no interior que são acessíveis aqueles com as mentes mais inteligentes. Durante 500 anos, ninguém conseguiu resolvê-los, mas nada impede os turistas de tentar chegar ao fim deste mistério.