Antônio Fagundes: "Tenho uma vida bem normalzinha"

, por Marta Cerqueira