As 6 instalações mais instagramáveis do LUMINA Festival da Luz

O festival chega a Cascais esta sexta-feira, 21 de setembro, para uma sétima edição. Escolhemos os imperdíveis.

No ano passado foi assim. Este ano um desfile de insufláveis e skaters a iluminar um half pipe com os seus movimentos. A não perder

Videomappings imersivos, instalações de luz artísticas, projetos interativos. Vai ser assim a partir desta sexta-feira, 21 de setembro, e até domingo, 23, na vila de Cascais. As zonas da Baía, Marina, jardins e ruas da vila recebem a 7.ª edição do LUMINA Festival da Luz, que este ano tem como tema as cores e formas.

Ao longo de três dias, a luz volta a ganhar destaque neste festival, onde também vai haver novidades — como um desfile com oito insufláveis, que com a ajuda da projeção de luzes vão parecer fantoches gigantes. Também na lista de estreias está o LUMINA X, um espaço na marina de Cascais onde cinco contentores de carga se transformam em instalações de luz.

Mas há mais, muito mais. Para não ficar perdido naquele que o “The Guardian” classificou como um dos 10 melhores festivais de luz na Europa, a MAGG escolheu as instalações mais instagramáveis do LUMINA Festival da Luz. O que é que fica melhor na fotografia? Contamos-lhe tudo.

Como chegar lá

Autocarro, comboio e automóvel são as principais opções. No que diz respeito ao primeiro, o BusCas vai prolongar o horário a partir das 20h30, e até às 00h30. Vão estar a circular o busCas 408 (Alvide) e o busCas 427 (Estação de Cascais).

De comboio a opção são os urbanos da Linha de Cascais, sendo que há uma promoção para quem vai para o evento — a viagem de ida e volta fica por 2€. Por fim, de carro pode optar pela autoestrada A5 ou pela Estrada Marginal (EN 6). Pode consultar a lista completa dos parques de estacionamento no site do evento.

“Human Tiles”, Igreja de Nossa Senhora da Misericórdia

Os visitantes interagem com esta instalação artística através de um piso branco, preenchido com peças de acrílico, criando padrões coloridos através dos movimentos do seu corpo e das cores das suas roupas. Uma obra do ateliê OCUBO, criador do evento.

“Translucent”, Maria Pia

A fauna e flora marinha vão ser projetadas, num cenário que promete ser hipnotizante ao mostrar todas as cores, formas e texturas do mar e da vida aquática. Uma obra do ateliê OCUBO.

“Flowing Light”, Fosso da Muralha

E se um half pipe reagisse a cada movimento de um skater? Foi esta a ideia que lançou o “Flowing Light”, um projeto que resulta de uma parceria entre o atelier OCUBO e a Academia dos Patins. A projeção e feita sobre a rampa, com base num software personalizado que deteta e acompanha os movimentos e truques dos atletas.

“Lampadophores”, Cidadela-Câmara Municipal de Cascais-Marina

Os “Lampadophores” vão fazer este percurso duas vezes por dia, às 20h30 e às 22h30. O desfile conta com a presença de oito insufláveis, que com a ajuda da projeção de luzes vão parecer fantoches gigantes. Um trabalho do artista francês Picto Facto.

“Saiyah #2”, Marina de Cascais

Este trabalho de Yoko Seyama promete dar fotos incríveis para o Instagram. A luz, com uma cor específica, é projetada numa placa de vidro espectral, que por sua vez reflete as restantes cores do espectro. O resultado é impressionante.

“Of Dream and Life”, Casa das Histórias Paula Rego

O espetáculo de videomapping de animação vai ser projetado na Casa das Histórias Paula Rego e promete dar fotografias únicas. Foi elaborado por Robert Sochacki, o artista polaco convidado — nesta edição o país convidado é a Polónia.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]