O que já se sabe sobre “Joker” com Joaquin Phoenix

Leonardo DiCaprio foi considerado para o papel do supervilão, Robert De Niro faz parte do elenco e já há uma primeira imagem do filme.

"Joker" com Joaquin Phoenix chega aos cinemas a 4 de outubro de 2019

Há coisas que esquecemos facilmente. Tal como as aulas de história no oitavo ano, o nome de um colega de infância ou até o que jantámos ontem à noite. Mas há outras que deixam uma marca e simplesmente não querem ser esquecidas. O Joker faz parte desse grupo — é uma personagem que não se deixa ultrapassar com o passar do tempo. Seja qual for a década em que estamos, há sempre uma versão do supervilão da DC Comics a ser representada no cinema.

O famoso criminoso de Gotham tem viajado ao longo dos anos no corpo de vários atores. Depois de “Why so serious” ter sido imortalizado pela versão de Heath Ledger — que o fez ganhar o Óscar de Melhor Ator Secundário em 2008 — foi a vez de Jared Leto em “Esquadrão Suicida” (2016), que apesar da antecipação, acabou por não ter os melhores resultados tanto a nível da crítica como por parte dos fãs. Claro que não nos podemos esquecer de Jack Nicholson em “Batman” (1989) de Tim Burton, e ainda Cesar Romero em “Batman, O Invencível” (1966). Mas agora, espera-nos algo diferente. Desta vez o Joker não será uma personagem secundária, mas sim a principal e, já sabemos, será Joaquin Phoenix a dar vida ao palhaço assustador que faz a vida negra ao Batman.

No domingo, 16 de setembro, o realizador de “Joker“, Todd Phillips, publicou na sua conta oficial de Instagram a primeira imagem de Phoenix dentro da personagem com a descrição “Arthur”. Na fotografia, o ator ainda não aparenta a imagem clássica do vilão, com a cara e cabelo pintados como um palhaço não muito amigável. No entanto, parece estar mais magro do que o habitual, o que poderá fazer parte da sua transformação para o filme.

Ainda falta um longo ano até podermos ver esta nova adaptação nos cinemas — o filme chega a 4 de outubro de 2019 — mas já há algumas informações sobre a história a solo do icónico vilão da DC.

Robert De Niro faz parte do elenco

Apesar da partida de Alec Baldwin, que iria interpretar Thomas Wayne (o pai do Batman) e de Viggo Mortensen (“O Senhor dos Anéis“) ter rejeitado esse mesmo papel, há já alguns nomes confirmados no elenco. Depois de Joaquin Phoenix (“Uma História de Amor“) estar confirmado como Joker, cujo papel foi considerado para atores como Leonardo DiCaprio (“The Revenant: O Renascido“), Robert De Niro (“O Touro Enraivecido“) juntou-se ao filme, onde irá interpretar o anfitrião de um talk show.

Enquanto que Zazie Beetz (“Deadpool 2“) será uma mulher que se interessa pelo Joker, Frances McDormand (“Três Cartazes à Beira da Estrada“) foi considerada para o papel de mãe do supervilão, mas acabou por recusá-lo. Frances Conroy (“American Horror Story“) é a principal candidata, apesar de ainda nada estar confirmado. Certo está que Marc Maron será o agente da personagem de De Niro e Bryan Callen um comediante.

O filme vai contar a origem do Joker

Os detalhes sobre a história são ainda desconhecidos, mas sabe-se que se irá focar nos primórdios do vilão nos anos 80 na cidade de Gotham. Parece que, antes de se tornar no Joker que conhecemos, chamava-se Arthur e tentou ser um comediante. Pouco sucedido na carreira, rendeu-se à vida do crime.

O filme encontra-se com um orçamento de 47 milhões de euros, o que é menos do que qualquer outra adaptação das bandas desenhadas da DC pela Warner Bros. “Mulher Maravilha” de Patty Jenkins teve um orçamento de 127 milhões e “Liga da Justiça” de Zack Snyder contou com 256 milhões. Contudo, isto não significa que seja um filme de êxito. A prova está nas fracas críticas ao filme de Snyder, que juntou os vários super-heróis numa só aventura.

Apesar de “Joker” surgir durante o crescimento do Universo Cinematográfico da DC, este não vai ter ligação com o mesmo.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]