Captain Marvel. Quem é a misteriosa heroína que chega aos cinemas em 2019?

É uma das personagens mais poderosas da Marvel e será a protagonista do primeiro filme do estúdio focado numa super-heroína a solo.

"Captain Marvel" tem Brie Larson como protagonista e chega a 7 de março de 2019 em Portugal

Chuck Zlotnick/© Marvel Studios

O Universo Cinematográfico da Marvel (UCM) está prestes a receber uma nova heroína. O seu nome é Captain Marvel, e está longe de ser uma desconhecida para quem segue afincadamente a banda desenhada. Chegou finalmente a altura de se estrear no grande ecrã — em 2019, teremos pela primeira vez na história um filme a solo de uma super-heroína da Marvel. Ainda falta um bocadinho, mas as novas imagens lançadas pela revista “Entertainment Weekly” a 5 de setembro deixaram os fãs a especular sobre o que esperar do filme.

A ideia de trazer a heroína para o cinema remonta a 2013 e desde então esteve em desenvolvimento. Durante a Comic Con de San Diego, em 2016, foi anunciado que Brie Larson, vencedora do Óscar de Melhor Atriz Principal com o filme “Quarto” (2015), iria reencarnar Carol Danvers.

Para os fãs mais ávidos, a nome Captain Marvel não é novidade. No UCM, porém, só a conhecemos como a misteriosa heroína que Nick Fury chamou no fim de “Guerra do Infinito”. Depois desta surpresa, está mais do que garantido que Danvers estará incluída na segunda parte do filme que marca mais uma luta contra Thanos ao lado dos restantes Vingadores.

Apesar de “Captain Marvel” ter data de estreia inicialmente prevista para 2018, esta acabou por ser adiada para 7 de março de 2019, para que a personagem pudesse ser apresentada primeiro num filme a solo. Com a estreia a aproximar-se lentamente, a MAGG reuniu tudo o que tem de saber sobre a personagem e o filme, juntamente com algumas curiosidades.

A revista “Entertainment Weekly” revelou em exclusivo imagens do filme

A origem e os poderes da Captain Marvel

Vamos tentar resumir isto da forma mais simples possível, tendo em conta que qualquer um se pode perder no universo extenso e infinito da banda desenhada.

A personagem Captain Marvel surgiu pela primeira vez em 1967, em “Marvel Super-Heroes #12”, e foi criada por Stan Lee e Gene Colan. Ao longo dos anos, vários heróis adotaram o nome Captain Marvel, sendo que o primeiro foi Mar-Vell, um militar da raça Kree (que no filme é interpretado por Jude Law). Carol Danvers foi introduzida em 1968, e até ser conhecida como Captain Marvel pela primeira vez em 2012, teve outros nomes como Ms. Marvel, Binary e Wardbird.

Mas quem é a Carol Danvers afinal? Sobre a versão cinematográfica da personagem, sabe-se que é uma piloto da Força Aérea dos Estados Unidos, capturada numa guerra entre duas raças alienígenas — os Kree e os Skrull. O seu ADN é fundido com o dos Kree, o que a faz desenvolver super-poderes como a força sobre-humana, capacidade de voo e projeção de energia.

“Ela não consegue não ser fiel a ela própria. Pode ser agressiva e ter um temperamento difícil (…). Mas também se atira às coisas de cabeça, o que faz com que seja espetacular em batalhas porque é a primeira a chegar e não espera por ordens. No entanto, não esperar por ordens pode ser considerado, para alguns, uma falha”, revela Brie Larson à “Entertainment Weekly”.

As capacidades de cada super-herói são algo nos faz questionar: “Qual o mais poderoso de todos?”. Em várias listas feitas por sites dedicados ao entretenimento, a Captain Marvel é considerada uma das personagens mais fortes criadas pela editora. No Comic Book Resources, encontra-se em 10.º lugar (de 25) e no Screen Rant em 2.º (de 28).

"Captain Marvel" chega aos cinemas a 7 de março de 2019

Chuck Zlotnick/© Marvel Studios

A história do filme passa-se nos anos 90

“Captain Marvel” tem a realização de Anna Boden (“É uma Espécie de… Comédia”) e Ryan Fleck (“Half Nelson — Encurralados”), e é a segunda prequela do UCM depois de “Capitão América: O Primeiro Vingador” (2001). Desta vez não vamos ver a tradicional história da origem da personagem. Ao invés, viajamos até à década de 90 quando Carol Danvers se alia à Starforce, uma equipa militar Kree liderada por Walter Lawson, também conhecido por Mar-Vell (Jude Law).

Jude Law estreia-se no UCM

O universo da Marvel tem vindo a aglomerar vários atores de renome. O ator britânico, Jude Law, é o mais recente membro da família. Curiosamente, com esta nova adição, temos na UCM quatro atores que interpretaram versões diferentes das aventuras de Sherlock Holmes e Dr. Watson. Robert Downey Jr. e Jude Law participaram na versão cinematográfica “Sherlock Holmes” (2009), que teve uma sequela em 2011, enquanto que Benedict Cumberbatch e Martin Freeman, que interpretam Doctor Stephen Strange e Everett K. Ross, são também os protagonistas da série “Sherlock” da BBC.

No filme, Jude Law é o comandante da Starforce e o mentor (misterioso) de Danvers. “Os poderes extraordinários dela [Carol Danvers], ele vê-los como uma benção e algo que ela tem de aprender a controlar (…) e usá-los sabiamente”, diz Law à EW.

O filme introduz uma nova espécie alienígena

Os Skrulls, que ainda só eram conhecidos na Marvel Comics, vão finalmente aparecer no cinema. Trata-se de uma raça alien malévola, cujo líder Talos, interpretado por Ben Mendelsohn, infiltra-se como funcionário da S.H.I.E.L.D. Apesar de terem uma aparência diferente dos humanos, com pele verde e orelhas semelhantes a duendes, estes são também metamorfos, ou seja, conseguem manipular a própria aparência física e imitar qualquer espécie. Por isso, é provável que se veja um bom bocado de Mendelsohn na sua forma humana.

O filme introduz também Maria “Photon” Rambeau (Lashana Lynch), uma das amigas mais antigas de Carol, também piloto da Força Aérea.

Samuel L. Jackson foi digitalmente rejuvenescido para este filme

Chuck Zlotnick/© Marvel Studios

A personagem de Samuel L. Jackson foi rejuvenescida

A magia do CGI (“computer generated imagens”, em tradução livre, imagens geradas por computador) não é uma novidade nos filmes da Marvel. O rejuvenescimento é algo que já vimos em “Homem-Formiga” com Michael Douglas, “Capitão América: Guerra Civil” com Robert Downey Jr. e em “Guardiões da Galáxia Vol.2” com Kurt Russell. Como em “Captain Marvel” a história decorre nos anos 90, não podíamos ver um Nick Fury igual ao que vemos nos filmes que retratam o presente — o que inclui a ausência da famosa pala no olho. Para além de Samuel L. Jackson, é possível que Clark Gregg (que interpreta Phil Coulson) também seja digitalmente rejuvenescido. Aguardamos por essas imagens.

A DC Comics também tem um Captain Marvel

Acontece que, para a confusão de muitos, tanto a DC como a Marvel têm um herói chamado Captain Marvel. No final dos anos 30, a Fawcett Comics criou o Captain Marvel, uma personagem semelhante ao Super-Homem e que chegou a ser ainda mais popular que este. A National Publications (hoje conhecida como DC Comics) entrou em processo judicial contra a Fawcett por plágio e mais tarde adquiriu os direitos de todos os seus heróis.

Quando a Marvel, no final dos anos 60, criou o herói Captain Marvel, a editora ficou com a marca registada, ou seja, nenhuma empresa poderia utilizar o nome Marvel. Com isto a DC viu-se obrigada a mudar o nome do seu herói, que é hoje conhecido como Shazam. Um filme dedicado a esta mesma personagem está de momento em desenvolvimento pela DC e a Warner Bros. Pictures. A estreia está prevista para 4 de abril de 2019 em Portugal, e tem Zachary Levi no papel principal.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]