As 15 melhores capas da revista “Time” com Donald Trump

A publicação norte-americana considerou-o a Personalidade do Ano em 2016, numa manobra satírica de o comparar ao diabo. Mas há mais.

As três capas refletem uma presidência caótica, mal gerida, um prenúncio do fim dos tempos

A presidência de Donald Trump tem sido tudo menos fácil. É constantemente acusado de ter discursos de ódio, de fazer comentários impróprios e desrespeitosos face a todo o tipo de pessoas de várias classes sociais (como mulheres ou indivíduos com deficiências motoras) e de praticar atos desumanos como a separação de famílias emigrantes à entrada dos Estados Unidos. O que não faltam são motivos para que os olhos estejam todos postos na figura do presidente. E agora há mais um — os depoimentos, a 21 de agosto, em tribunal de Michael Cohen, seu advogado, que revelam que Donald Trump esteve envolvido em dois crimes relacionados com a lei de financiamento de campanhas. Fala-se cada vez mais na possibilidade de afastar o presidente através de um processo de impeachment, mas a verdade é que ainda há muito caminho por percorrer.

Seja como for, não há dúvidas que esta é uma presidência marcada por decisões discutíveis. E a revista “Time” fez questão de registar todos os percalços e todas as polémicas protagonizadas pelo magnata e rei e senhor do Twitter, desde que anunciou a sua intenção de se candidatar à Casa Branca, em junho de 2015, até hoje.

A MAGG reuniu as 15 capas mais icónicas — desde as mais recentes, como aquela que mostra uma criança a chorar de frente para o presidente, à famosa capa que o elegeu como Personalidade do Ano, em 2016. Que muitos acreditam ter sido um brilhante exercício de sátira já que todo o jogo de luzes e de sombras na cara de Donald Trump assemelham-no à figura do diabo.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]