Os hotéis e resorts com tudo incluído vão ter novas regras. Pelo menos em Ibiza e Maiorca. O governo das Ilhas Baleares está prestes a aprovar uma longa lista de novas regras que visa pôr fim ao consumo desmedido de álcool. Tudo com o intuito de reprimir o chamado “turismo anticívico”.

As propostas controversas estão neste momento em fase final de elaboração. Quando forem implementadas, vão significar mudanças sérias no funcionamento dos hotéis. Ora vejamos: qualquer hóspede que desejar uma bebida alcoólica em qualquer parte do complexo terá que ser servido por um empregado. Se o fizer fora da hora de almoço ou de jantar, vai ter de pagar. E acabaram-se as bebidas alcoólicas em frigoríficos.

Há mais. Os resorts e hotéis com tudo incluído vão ter de responder também a novas regras na restauração. Para evitar multidões e filas, os restaurantes das unidades só vão receber uma licença para servir clientes externos se forem capazes de lidar com 70% deles.

Costa espanhola. Programas de praia imperdíveis em setembro até 500€

O governo pretende ainda proibir pratos, talheres e copos de plástico, muito utilizados pelos hotéis por razões de segurança (juntos às piscinas e nos jardins) e rapidez (evita-se a lavagem).

Vai ser ainda obrigatório que os hotéis com tudo incluído se registem formalmente — até agora este era voluntário. Neste momento os dados oficiais apontam para a existência de 270 estabelecimentos, no entanto o número real pode ser bem maior.

Para já ainda não se sabe quando é que as novas propostas vão ser implementadas, mas é pouco provável que isso aconteça já este verão.