Campo de Ourique. Já podem fazer um treino de 20 minutos que queima até 800 calorias

Abriu a 14 de agosto em Lisboa mais um estúdio eBody que utiliza o método da eletroestimulação.

Não precisa de levar saco do ginásio e só precisa de 20 minutos por semana para ficar em forma.

Em 20 minutos consegue queimar o dobro da energia que iria gastar num treino tradicional de 60 minutos. O melhor é que, até depois, o corpo continua a funcionar como se estivesse a fazer exercício, o que poderá levar a um consumo ainda maior. Mas vamos a números: poderá gastar entre 600 a 800 calorias numa sessão e até 3000 calorias depois (devido ao efeito EPOC), ao contrário de um treino de ginásio ou de rua em que precisa de uma hora para queimar até 400 calorias.

São estas as promessas do eBody, a marca de estúdios de eletroestimulação, que acaba de abrir um novo espaço, num dos bairros de referência de Lisboa: em Campo de Ourique, na Rua Ferreira Borges.

Não se trata de magia ou bruxaria. Trata-se, sim, de um tipo de treino que não utiliza passadeiras, elípticas, bicicletas ou máquinas de musculação. O método é o EMS, sigla para Whole-Body Electromyostimulation, que significa Electroestimulação Muscular Integral. E o que é que faz? Utiliza impulsos de corrente elétrica (nós sabemos que é assustador, mas não dói), os mesmos que o sistema nervoso central envia para controlar os movimentos e acções musculares, mas de forma tão completa, que dizem conseguir atingir camadas mais profundas do tecido muscular, activando 300 músculos em simultâneo.

Com treinos apenas uma vez por semana, os sócios vestem um fato especial, semelhante ao de surf, que será ligado aos aparelhos de eletroestimulação, em pontos específicos do corpo. E assim, em pouco tempo, e com reforço de exercícios funcionais, solicitam-se e trabalham-se centenas de músculos.

Com a promessa de que cada uma equivale a três horas de treino convencional, e de que os primeiros resultados são visíveis após quatro ou cinco sessões (se descansar e comer bem, claro), todos os sócios são acompanhados por um profissional que, depois de uma sessão de avaliação, irá delinear um treino personalizado, utilizando o melhor programa de acordo com o objetivo do sócio. Há o eFitness, pensado para a perda de gordura e de peso; o eSaúde, para quem sofre de problemas de coluna, disfunções urinárias e outras patologias; o ePerformance, para complementar treinos de alta competição, onde se faz um mix de todos estes programas.

Além de ser rápido, é prático: não precisa de levar saco do ginásio, porque o estúdio disponibiliza tudo o que é preciso — além do equipamento, há toalhas e champôs.

O eBody de Campo de Ourique é o quinto em Portugal. Em abril abriu o estúdio em Matosinhos, depois de ser inaugurado no Porto no Bessa e na Boavista e em Lisboa, no Parque das Nações.

Os horários das sessões são agendados de acordo com a disponibilidade de quem solicita o serviço e do centro. A aula experimental custa 14,90€ e os treinos são a partir de 99€.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]