As 7 grandes séries de televisão que vão estrear nos próximos 2 meses

Alguma vez pensou ver o Robb Stark, de "A Guerra dos Tronos", a fazer de agente secreto? É só uma das novidades que não deve mesmo perder.

"Bodyguard" é uma das apostas da BBC para o final de agosto, e conta com Richard Madden no papel principal

BBC

É cada vez mais difícil decidir que série ver primeiro, especialmente depois da chegada das várias plataformas de streaming como a Netflix, a Amazon Prime ou a Hulu. Seja qual for o momento em que decida alapar-se confortavelmente no sofá agarrado ao comando da televisão ou ao tablet, há várias opções nos catálogos de cada plataforma para garantir que não se aborrece.

E com o final do verão à porta, há novas séries a chegar à televisão nos próximos dois meses. Desde séries de época, a produções de ação com momentos de suspense à mistura. A MAGG mostra-lhe as sete séries mais importantes que não deve perder.

“Wanderlust”, BBC One e Netflix

“Wanderlust” é a nova série da BBC e só deve estrear no final de agosto. Ainda assim, as expectativas estão muito elevadas, em parte porque conta com Toni Collete (“O Sexto Sentido”) como protagonista — a atriz que ganhou maior reconhecimento depois do seu trabalho em “Hereditário”, o filme de terror que levou que crianças e pais fugissem de um cinema nos EUA.

Esta nova produção conta a história de um casal de classe média-alta residente em Manchester, na Inglaterra, que procura salvar a relação que mantêm há vários anos. Ton Collete dá vida a Joy Richards, uma terapeuta que tenta manter o amor que sente pelo marido (Steven Mackintosh) depois de um acidente de bicicleta que a faz questionar tudo à sua volta.

A história do casal mistura-se com a das suas famílias, amigos, vizinhos e clientes, dando origem a novas formas de amor e a desejos proibidos que prometem pôr à prova a relação de ambos.

O guião é assinado por Nick Payne (“The Crown”) e conta com Luke Snellin (“Patrick”) e Lucy Tcherniak (“The End of the F***ing World”) enquanto realizadores. Em Portugal, a série será distribuída pela Netflix nos finais de agosto.

“Bodyguard”, BBC One

A série terá apenas seis episódios e é da autoria de Jed Mercurio (“Bodies”), o mesmo responsável por outra série da BBC chamada “Line of Duty”, que estreou em 2012. “Bodyguard” deverá chegar no final de agosto e vai acompanhar um veterano de guerra que agora trabalha como segurança privado do Departamento de Proteção Especial da Polícia Metropolitana de Londres.

O agente é David Budd, interpretado por Richard Madden, o ator escocês que ficou conhecido pelo seu papel de Robb Stark na série de ficção científica da HBO, “A Guerra os Tronos”. Nesta nova série, a personagem terá de proteger Julia Montagues (Keeley Hawes), a secretária de Estado cuja ideologia vai de encontro a todos os ideais defendidos pelo agente. Dividido entre o dever e aquilo em que acredita, o maior desafio da personagem vai ser o de tentar equilibrar o que sente face à pessoa que tem de proteger, e as ordens que recebeu.

Ainda não há data de estreia anunciada para Portugal.

“Vanity Fair”, ITV

Perfeita para quem gosta de “Downton Abbey”, “The Durrells”“Endeavour” e “Rainha Vitória”, a nova minisérie da ITV promete dar que falar. “Vanity Fair” é uma adaptação do livro com o mesmo nome. A história passa-se em meados de 1815 e 1820 e acompanha a personagem Becky Sharp (Olivia Cooke), que tenta a todo o custo sair da pobreza em que vive e chegar à elite da sociedade inglesa.

Através de esquemas mesquinhos de manipulação, crime, sedução, Becky consegue chegar à corte do rei Jorge IV, logo após a Batalha de Waterloo que opôs o exército francês liderado por Napoleão Bonaparte à coligação britânica. A série é assinada por Gwineth Hughes (“The Girl”) e deverá chegar às televisões já em setembro.

Ainda não está prevista uma data de lançamento em Portugal.

“Maniac”, Netflix

Baseada na série original norueguesa, que estreou em 2014, “Maniac” junta Emma Stone (“La La Land”) e Jonah Hill (“O Lobo de Wall Street”) naquele que será talvez o projeto mais estranho em que já participaram. As suas personagens conhecem-se num hospital psiquiátrico depois de ambos testarem um novo fármaco, e começam uma nova relação ancorada nas suas experiências pessoais depois de tomar o novo medicamento.

A série, que se assume como uma comédia negra, chega à Netflix a 21 de setembro e já está a ser comparada a “Legion” e “Black Mirror”.

“The Romanoffs”, Amazon Prime

A série vai estrear na Amazon Prime, uma plataforma de streaming digital, e vai contar apenas com oito episódios. Em cada episódio será abordada uma nova história — e todas elas são de pessoas que acreditam que são descendentes da família russa real.

O elenco é de luxo e conta com Christina Hendricks (“Ginger & Rosa”) e John Slattery (“O Caso Spotlight”), conhecidos pelos seus papéis em “Mad Men”, bem como Isabelle Huppert (“Ela”), Aaron Ekchart (“O Cavaleiro das Trevas”) e Diane Lane (“Infiel”).

A série é da autoria de Matthew Weiner (“Os Sopranos”) e não se sabe se será transmitida em Portugal. À Amazon Prime chega a 12 de outubro.

“Black Eart Rising”, BBC Two

A nova série do realizador Hugo Blick (“The Honourable Woman”) chama-se “Black Earth Rising” e pretende mostrar a relação que existe entre a África contemporânea e os crimes de guerra que foram praticados na região ao longo dos anos. Michaela Coel (“Pastilha Elástica”) interpreta a personagem de uma mulher que foi salva na infância do genocídio em Ruanda.

Depois de ser educada e acompanhada por um advogado britânico, os problemas começam quando a sua mãe adotiva quer penalizar um líder das forças paramilitares que estiveram envolvidas no massacre. A série chega à BBC Two em outubro, e ainda não se sabe terá estreia assegurada em Portugal.

“Les Misérables”, BBC One

Pode respirar de alívio: a nova adaptação ao clássico de Victor Hugo é tudo menos um musical. A versão de “Les Misérables” da BBC Two é uma série dramática que pretende contar a história tal como ela foi pensada pelo autor. Aqui, Jean Valjean (Dominc West) tenta fugir à captura do inspetor Javert (David Oyelowo) — tendo Paris como pano de fundo logo após o período de Napoleão.

A série tem estreia marcada para final de outubro. Em Portugal não se sabe quando chegará.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]