Dos salões para casa. Já pode cuidar do cabelo com produtos vegan e profissionais

80% dos portugueses está sensibilizado para a sustentabilidade mas só 15% usa produtos de beleza naturais. Que tal começar pelos cabelos?

O mundo está a mudar e, graças ao digital, todos os dias há novas tendências a surgir e que vão influenciando a forma como atuamos. Nunca antes o consumidor esteve tão preocupado em saber o que coloca na pele, de que forma são feitos os produtos que usa e o impacto que a indústria da beleza tem no planeta. Ao mesmo tempo, hoje o consumidor espera que as marcas sejam cada vez mais conscientes e que reflitam no seu método de trabalho todos estes valores.

E a verdade é que estas tendências naturais também já se fazem sentir no País. O grupo L’Oréal Portugal realizou um estudo de mercado através de quatro entidades para perceber a relação dos portugueses com a naturalidade. E os resultados são interessantes: 80% dos portugueses diz estar informado sobre as questões do desenvolvimento sustentável e 58% assume um comportamento sustentável no seu dia-a-dia. Em relação às opções de consumo, 70% dos portugueses considera ter a responsabilidade de comprar produtos e serviços que não sejam prejudiciais para o ambiente, mostrando uma noção no impacto do seu consumo. No entanto, apenas 15% assume comprar frequentemente produtos de cosmética natural e 44% diz que gostaria de o fazer de forma mais frequente.

Para Cátia Martins, CEO da L’Oréal Portugal, “há cada vez mais portugueses com consciência ambiental que começam a valorizar as empresas que impulsionam de forma estratégica a sustentabilidade em toda a cadeia de valor”.

Partilhar a beleza de forma sustentável

“Sharing Beauty With All” é o programa de sustentabilidade prosseguido globalmente pelo grupo L’Oréal e consiste em quatro compromissos estratégicos para 2020: Inovar de modo sustentável onde 100% dos produtos apresentarão um impacto ambiental ou social positivo;

Produzir de modo sustentável onde irão reduzir a sua pegada ambiental em 60%;

Consumir de modo sustentável onde vão sensibilizar o consumidor para os impactos sociais e ambientais do seu consumo;

e Partilhar o seu conhecimento onde vão englobar colaboradores, fornecedores e as comunidades.

Mas as marcas e os produtos da L’Oréal já são testemunhos desta transição para a sustentabilidade. O grupo já usa matérias-primas renováveis e de origem sustentável, o que equivale a cerca de 1400 ingredientes provenientes de 300 espécies vegetais adquiridas em 80 países com 100% de rastreabilidade que garantem a sua sustentabilidade. E a otimização das embalagens já permitiu que houvesse redução de 4.200 toneladas de matérias-primas.

Dos produtos de beleza para os salões

Esta mudança na mentalidade não se foca apenas no consumidor e nos produtos que compra para usar em casa. Um dos exemplos desta evolução está na beleza profissional onde a L’Oréal Professionnel, uma referência nos salões de todo o mundo, chegou a duas fórmulas naturais e veganas com resultados eficazes e que mostram que é possível unir a naturalidade com a eficácia.

Botanéa é uma coloração profissional 100% vegetal e vegana composta por apenas três ingredientes à base de plantas cuidadosamente cultivadas e colhidas na Índia: Cassia, Henna e Indigo. Com a mistura destes três pós vegetais e água quente, os profissionais conseguem criar infinitos tons personalizados para uma paleta completa, de louro a castanho, de quente a frio. Sem oxidantes ou químicos.

Em tratamento, Source Essentielle é o complemento a esta coloração, um tratamento capilar formulado com até 100% de ingredientes naturais de alta qualidade e que pode ser utilizado por profissionais no salão ou pelas mulheres em casa. Esta gama tem quatro linhas para responder às necessidades dos cabelos normais, secos, com coloração ou couro cabeludo sensível. Estas duas novidades têm a grande inovação de conseguir garantir a eficácia em termos de brilho e cosmeticidade que as consumidoras estão habituadas mas com produtos naturais.

Mas as novidades não se ficam por aqui. Como explica Nuno Barge, diretor L’Oréal Professionnel em Portugal, a marca está a dar um enorme passo dentro do mercado profissional para o consumo sustentável ao apresentar um sistema recarregável dos shampoos, minimizando assim a pegada ambiental dos seus produtos.

Todos os shampoos de Source Essentielle podem ser recarregados nos salões, pelo que o equivalente ao peso de um frasco é poupado por cada três recargas e há ainda uma redução de 30% no plástico usado, reforçando o objetivo da marca de ser um modelo de inovação e de consumo sustentáveis.

Cuidar do planeta enquanto se cuida dos cabelos

A preocupação da L’Oréal não se prende apenas com o consumidor e a importância de cuidar de si de uma forma mais natural mas com todo o método de produção. O grupo está comprometido com a melhoria das condições de vida das comunidades mais desfavorecidas onde atua e em fazê-lo ao mesmo tempo que reduz o impacto ambiental das suas operações.

Desta forma, e como os ingredientes de Botanéa são colhidos na Índia, todos os trabalhadores são apoiados pela ONG ASK na Índia e a marca mantém o seu compromisso também em todo o método de extração e produção das matérias-primas, os locais de recolha de todos os ingredientes, bem como as causas sociais. Porque quando falamos de naturalidade não nos podemos apenas focar nos ingredientes dos produtos. A naturalidade começa desde a pessoa que extrai um ingrediente na Índia até à própria aplicação dos produtos nos cabelos das mulheres em todo o mundo.

E neste compromisso de sustentabilidade, Portugal não é exceção e esta estratégia é visível em projetos tão diversos como os programas de responsabilidade social em que mais de 100 mil portugueses já foram apoiados com doações de produtos de cuidados e higiene, as marcas do grupo revertem parte das suas vendas a causas sociais e a própria pegada ambiental é diminuída como resultado das obras concluídas na sede da L’Oréal em Lisboa.

Se faz parte dos 15% dos portugueses que já compra frequentemente produtos de cosmética natural, saiba que está a fazer bem a si e ao planeta.

Mas se faz parte dos 44% que gostaria de o fazer mais frequentemente, está na hora de começar. E pode fazê-lo pelos cabelos, diminuindo a sua pegada ambiental e cuidando melhor da sua saúde e da saúde do nosso planeta.

Saiba tudo sobre estas gamas num salão aderente L’Oréal Professionnel perto de si.

Conteúdo produzido pela Magg Lab e patrocinado por:

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]