Se é pessoa que gosta de moda e acompanha as influenciadoras digitais no Instagram provavelmente já as viu com algumas carteiras de luxo. Nos looks de algumas, sobretudo internacionais, já terá visto uma carteira Chanel (seja em que modelo for). O modelo clássico é, talvez, aquele que desperta mais desejo e curiosidade, ainda que seja confundido com outro modelo ainda mais antigo. Falamos dos icónicos modelos da marca Flap Bag e do modelo 2.55. Mas será que sabe tudo sobre esta carteira? Nós fomos à procura de cinco curiosidades históricas da carteira.

1. O que significa 2.55?

O último foi desenhado pela própria Coco Chanel, e os números representam o mês e o ano em que foi desenhado – Fevereiro de 1955. Esta versão renasceu das cinzas, pela mão de Karl Lagerfeld em 2005, com o propósito de celebrar os 50 anos da carteira. Foi chamada de Reissue 2.55. (Estas três versões são repetidamente confundidas umas com as outras).

São trendy, mas consegue pôr tudo o que precisa numa mala XS?

2. De onde vem o fecho com os dois CC?

O símbolo máximo da casa Chanel – o Flap Bag, foi introduzido por Karl Lagerfeld, nos anos 80, e é uma reinterpretação do modelo clássico 2.55. Foi também com este modelo que se introduziu o famoso fecho com dois C entrelaçados. Este fecho chama-se The Mademoiselle Lock devido ao facto de a própria da Coco Chanel nunca se ter casado.

3. A história da cor dos interiores das carteiras

Este modelo tem várias caraterísticas do seu antecessor (o modelo 2.55). A escolha da cor do interior das malas não é aleatória, é aliás uma homenagem ao passado de Coco Chanel. O vermelho escuro, tão característico, foi escolhido por ter sido a cor dos uniformes usados por Chanel quando andava num orfanato.

O interior de uma Chanel Flap Bag

Purse Blog

4. O compartimento secreto

Também o compartimento secreto das carteiras tem uma história especial — terá sido desenhado pela própria Chanel para guardar as cartas de amor que recebia.

5. Um investimento

Para além de ser um clássico intemporal estas carteiras podem continuar a ver o seu preço aumentar de ano para ano. Segundo o site Who What to Wear, em 2006, uma flap bag da Chanel custaria 1399 libras (mais de 1500€). Em 2015, nove anos depois, o mesmo modelo custaria 4287 libras (mais de 4.800€). Em menos de uma década o seu preço triplicou, o que faz destes modelos um investimento também.

Para além destes modelos icónicos, a marca lança outros modelos todos os anos. Um dos últimos é o modelo Gabrielle, uma homenagem à fundadora da marca Gabrielle Chanel.

16 fotos