Há uma aplicação que o ajuda a poupar dinheiro nas compras online

É gratuita, funciona em tempo real e avisa-o de todas as promoções em lojas portuguesas sobre os mais variados produtos.

As compras online são cada vez mais fáceis, mas tornam difícil saber onde está a melhor promoção

Thomas Lefebvre/Unsplash

Fazer compras online é cada vez mais prático e intuitivo. Só tem de escolher o produto, certificar-se que tem dinheiro na conta bancária e com apenas um clique já está. Encomendou, pagou e só tem de esperar pelo produto em sua casa. Mas numa altura em que são cada vez mais as marcas a apostar em lojas online, é difícil saber onde estão as boas promoções.

Mas e se houvesse uma aplicação que o alertasse, em tempo real, para um produto de valor mais baixo ao que está a comprar? É esta a premissa da nova aplicação da DECO Proteste — Defesa do Consumidor, que quer ajudar os utilizadores a poupar dinheiro em compras online.

A aplicação é totalmente gratuita e serve como extensão de alguns dos navegadores mais conhecidos, como o Google Chrome ou Firefox. E o melhor é que, depois de instalada, não precisa de se preocupar com mais nada.

O modo de funcionamento é muito simples: imagine que está a fazer uma pesquisa por um produto numa grande superfície comercial. Está prestes a carregar no botão para encomendar quando, de repente, surge uma notificação no fundo do ecrã que o alerta para uma outra oferta bem mais barata numa outra loja. Basta carregar no aviso e terá acesso à janela comparativa do mesmo produto em várias lojas nacionais.

Se por acaso já estiver numa loja com o preço mais barato, a aplicação tratará de o avisar com uma mensagem devidamente identificada a cor verde.

Para garantir o correto funcionamento da extensão, é importante que as lojas estejam registadas na base de dados do serviço da DECO. Mas pode ficar descansado que as principais em Portugal já estão a trabalhar com a associação para garantir uma experiência fluída e livre de problemas.

Mas há mais. É que o sistema faz uma recolha diária e automática dos preços de todos os produtos das lojas em Portugal. A ideia passa por permitir que o utilizador tenha acesso, no ato da compra ou da comparação, ao último preço do produto registado em stock.

Mas será que a diferença é assim tão significativa? Segundo a associação, no mercado dos eletrodomésticos a diferença entre produtos pode chegar até aos 350€, enquanto que nos telemóveis a maior diferença até agora registada foi de 1000€ entre lojas diferentes.

Agora é altura de dizer adeus às compras mal ponderadas que o levam a arrepender-se dias depois ao ver que havia outras promoções bem mais em conta que podia ter aproveitado.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. fabiomartins@magg.pt