Viagens. 10 coisas originais que não vêm nos guias que tem de fazer em Roma

Garantimos-lhe que há muito mais para ver em Roma para além do Coliseu, da Fontana Di Trevi ou Vaticano

Se vai ou está a pensar em ir a Roma em breve não precisa que sejamos nós a dizer-lhe para ir ao Coliseu, à Fontana di Trevi ou ao Vaticano. É senso comum, e pode ver isso em qualquer guia. O que queremos é falar-lhe da Roma mais secreta e que não aparece nos livros tradicionais de viagens. Mas antes, vamos aos voos.

Para voar, pode ir pela TAP e pela Ryanair. Ambas têm voos diretos de Lisboa, e os preços variam consoante as estações do ano e a companhia aérea. Na TAP os valores de ida e volta na época alta podem estar ali entre os 200€ e os 450€, enquanto que em época baixa entre os 70€ e os 200€. Na Ryanair os preços em época alta variam entre os 50€ e os 200€ e em época baixa entre os 50€ e os 140€. Estes valores são estimados para uma estadia de 5 dias. Agora, vamos às recomendações.

#01. Trastevere (região medieval do centro histórico)

Trastevere é uma das vinte regiões do centro histórico de Roma. Atualmente, continua com o mesmo aspeto medieval, com as suas ruas estreitas e as casas dessa mesma época. É uma região com uma série de bares e animação noturna. Pode também visitar algumas igrejas que encerram por volta do meio dia ou lojas que, geralmente costumam fechar à segunda-feira.
Esta região fica localizada a 3 km do centro de Roma e para lá chegar pode caminhar (cerca de 40 minutos), ou apanhar o elétrico número 8 para Viale Trastevere.

#02. Buco della Serratura (ou “Buraco da Fechadura”)

Localizado a 1.8 km do Coliseu,  Buco della Serratura continua a ser um dos segredos de Roma. Se olhar pelo buraco da fechadura da Porta do Priorato dei Cavalieri di Malta, pode ter uma vista incrível para a cúpula da Basílica da São Pedro do Vaticano. Fica localizada num bairro tranquilo perto de dois jardins e igrejas do período medieval.

#03. Roseto Comunale (o jardim de rosas)

Situado a 500 metros do Buco della Serraduto, o jardim público conta com mais de 1100 espécies de rosas, muitas oferecidas por outros países. O jardim tem uma área de 10,000 metros quadrados e cada secção tem uma variedade de rosas diferentes. É um excelente jardim para passar uma tarde tranquila.

#04. MAXXI (Museu Nacional da Arte do Século XXI)

Com uma arquitetura moderna, o Museu MAXXI abriu em 2010. Aqui pode ver exposições permanentes e temporárias. Tem como intenção dar voz e promover jovens artistas bem como relembrar obras de artistas reconhecidos. O museu está aberto todos os dias da semana das 11 às 19 horas, exceto segunda-feira. A entrada custa 12€ para adultos, 8€ para estudantes e seniores e é grátis para miúdos com menos de 14 anos.

#05. Palazzo della Civiltà Italiana, Fendi Cinema & Studios

Este edifício emblemático, de 1943, é um ícone da Nova Arquitetura Clássica e da Arquitetura Fascista. Mais conhecido como Coliseu Quadrado, tem 216 arcos e é, desde 2015, um centro de escritórios da casa de moda Fendi. Visitável todos os dias entre as 10 e as 20 horas, a entrada é gratuita mas requer marcação prévia que dá acesso aos Fendi Studios e aos cinemas inspirados nos antigos teatros Italianos que todas as noites passam filmes onde as suas peças de vestuário tenham sido utilizados.

#06. Sant’Ivo alla Sapienza (Igreja Barroca)

Construída entre 1642 e 1660, é considerada uma das maiores obras-primas da arte barroca romana. Situada entre o Panteão e a Piazza Navona, esta igreja foi adaptada a partir do palácio já existente e a planta é semelhante a estrela de David (símbolo representativo de sabedoria, também conhecida como “estrela de Salomão”). Deste complexo fazem parte a Igreja e o Arquivo Nacional.

#07. Galleria Sciarra (pátio de passagem entre duas ruas)

Localizada a 2 minutos da Fontana di Trevi, esta galeria ricamente decorada com frescos e ornamentos trabalhados, é a uma obra de arte em si — a prova de que Roma é um museu a céu aberto. Atualmente, esta galeria serve como passagem entre a Via Marco Minghetti e a Via de’ll Umiltá.

#08. Cinecittà Studios (para os amantes do cinema)

Para aqueles que gostam dos clássicos do cinema, estes estúdios são a visita perfeita pelos cenários de rodagem de filmes como “La Dolce Vita”, de Fellini, “Cleopatra”, onde Elizabeth Taylor interpretou a personagem principal, “Gangs of New York”, de Martin Scorsese, entre outros. Aberto todos os dias, exceto terça-feira, a visita tem o valor de 15€, com várias visitas guiadas em italiano entre as 10 e 16:30h e duas em inglês, às 11:30h e às 15:15h.

#09. Restaurante Osteria da Fortunata

Perto do Mercado do Campo de’ Fiori, este restaurante é conhecido pelo fabrico próprio do que serve. Tem uma ementa variada de massas como Fettuccine, Strozapreti, Tagliolini, Gonocchi, Sciavatelli e Ravioli que pode acompanhar de diferentes maneiras consoante o menu. Os valores variam entre os 13€ e os 15€. Tem opções de segundo prato de carne, como por exemplo Peito de Vitela ou Frango com Peperoni e custam entre 16€ e 18€, sem acompanhamento. Pode também pedir uma sobremesa (7€) ou uma entrada (entre 12€ e 16€).

#10. Santa Caterina d’Alessandria  (Igreja Ortodoxa)

Existem mais de 900 igrejas em Roma, mas esta é completamente diferente de todas as outras. A Igreja de Santa Caterina d’Alessandria é a primeira Igreja Ortodoxa Russa nesta cidade católica em cerca de 200 anos. Caracterizada pela arquitetura Bizantina e pelos frescos de Santos no interior, esta igreja fica situada num parque atrás da Basílica de São Pedro, o que permite uma vista excelente para a cúpula.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]