Fomos conhecer a GROM, a nova gelataria de Lisboa

15 anos e 43 espaços depois, a GROM chega a Portugal. A partir desta terça-feira, 3 de julho, servem os primeiros gelados em Lisboa.

Na nova gelataria de Lisboa os produtos são sempre frescos

Um conceito de gelado à moda antiga: com ingredientes de origem natural, sem aromas, corantes ou conservantes. A ideia de aplicar os mesmos princípios da produção de gelado dos melhores restaurantes do mundo foi o que levou Guido Martinetti e Federico Grom a criarem a cadeia GROM em 2002. Um ano depois começaram a servir os primeiros gelados.

15 anos e 43 espaços depois, a GROM chega pela primeira vez a Portugal. A loja na Rua Garrett, em Lisboa, abre esta terça-feira, 3 de julho. Um dia antes, a MAGG passou por lá para conhecer o espaço e os fundadores. Localizada perto de duas gelatarias conhecidas, Amorino e Santini, este não parece ser um problema para Guido Martinetti e Federico Grom.

Guido Martinetti e Federico Grom no novo espaço em Lisboa

“Tal como as lojas, podemos ter três mas compramos naquela que queremos. Com os gelados é igual”, explica à MAGG Federico Grom. Guido Martinetti acrescenta: “Acima de tudo, queremos ser a opção que, no meio de todas as outras, as pessoas mais gostam.”

Com um total de 30 metros quadrados, e apenas um pequeno balcão para comer de pé, este é um espaço que é feito de decisões. Primeira: copo, cone, take-away ou algo completamente diferente. Consoante o tamanho, os preços do copo ou cone variam desde 3,50€ (pequeno) até 7€ (maxi). Já o take-away vai desde 8,50€ até aos 24€. E porque opções é o que não falta, tem ainda na lista o Affogato (gelado acompanhado com chocolate quente ou café Illy, os preços variam entre 5€ e 6,90€) e o Affogato de Verão (granita acompanhada de gelado; 4,40€-6,40€).

GROM

Morada: Rua Garrett, 42, Lisboa
Telefone: 939 990 567
Horário: 11h-24h

Na lista de sabores, as opções variam todos os meses. Em julho tem os tradicionais baunilha, stracciatella, chocolate e café, mas também caramelo salgado, coco e chocolate ou pistáchio. Pode optar também pelo gelado da casa. E acabou? Não, mas está quase. O último passo é escolher (ou não) “adicionar algo especial” ao seu gelado. Pode preferir o cone premium por mais 0,50€, acrescentar chantilly fresco (é o chamado Panna Montata, que custa 0,80€) ou optar por um dos toppings (0,50€).

“Procuramos que o sabor dos nossos gelados seja sempre o mesmo, independentemente do sítio onde estejam a ser servidos”, diz Guido Martinetti. “O nosso produto é puro e verdadeiro, tal como as pessoas que trabalham connosco.”

Além dos gelados, a GROM tem também a Granita Siciliana (sobremesa gelada, consoante o tamanho os preços variam entre 4,40€ e 6,40€), o frappè (5,20€) e chocolate quente (5€-6,90€).

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]