A MAGG já tem vida e um rosto. Apresentamos-lhe a MAGGIE

A MAGG passou a ter na sua equipa uma influenciadora digital. Conheça o nosso novo projeto.

E se um meio de comunicação social pudesse criar o seu próprio influenciador digital? Foi esta a pergunta que lançámos há quatro meses, quando a MAGG estava a dias de ser colocada online. A ideia foi ganhando forma, passou por várias etapas e concretizou-se agora. Desde esta sexta-feira, 22 de junho, que a MAGG tem também um lado humano, uma cara, uma vida, será uma mulher verdadeira, que viverá experiências, que falará sobre tudo o que está a acontecer e que pode ser interessante para os leitores, sempre numa perspetiva pessoal. O seu nome? MAGGIE.

Mas quem é a MAGGIE? A MAGGIE é uma influenciadora digital que viverá numa área própria dentro da MAGG, e que dará vida ao Instagram da MAGG. Os conteúdos que irá produzir serão com uma linguagem muito mais próxima da utilizada por bloggers, youtubers, instagramers, do que a normalmente utilizada em jornais, revistas ou sites de informação. A MAGGIE não será uma jornalista, será sim uma produtora de conteúdos na área de lifestyle, que andará sempre à procura de novidades, de sítios giros para jantar, de esplanadas, irá a eventos, falará de novos produtos, irá experimentar hotéis, dará sugestões de coisas para fazer, fará testes a tudo e mais alguma coisa e falará sempre na primeira pessoa.

Nesta sexta-feira, 22 de junho, a MAGGIE ganhará vida na conta de Instagram da MAGG (@magg.pt), e irá ser o nosso rosto das instastories, mas protagonizará também vídeos e irá dar a cara no novíssimo canal da MAGG no IGTV, do Instagram.

No decorrer da próxima semana, a MAGGIE terá uma área própria dentro do site da MAGG, onde estarão alojados todos os conteúdos por ela produzidos. Ainda assim, iremos também destacar o que de melhor for feito pela nossa MAGGIE na homepage da MAGG, assinalando devidamente os textos produzidos pela nossa influenciadora digital.

O objetivo principal deste projeto é, precisamente, o de podermos humanizar um órgão de comunicação social, dar-lhe um rosto, uma voz, para, assim, conseguirmos estar mais próximos dos nossos leitores. Procuraremos sempre que os conteúdos produzidos pela MAGGIE sejam rigorosos, de qualidade, alinhados com aquilo que é produzido pelos jornalistas da MAGG, embora falando em registos diferentes.

E como é que chegámos até esta MAGGIE? Foi difícil. A MAGG começou por lançar um post na sua página de Facebook, anunciando a criação de um posto de trabalho com as características que consideramos chave: boa relação com a câmara, excelente capacidade de comunicação e um desejo enorme em fazer o que de melhor há na vida: comer, viajar, viver experiências. Recebemos perto de 400 candidaturas. De uma primeira triagem, resultaram 50 candidatas. Dessas, foram escolhidas 10 finalistas. Houve depois uma análise mais focada na imagem, na fotogenia e na experiência com câmaras. Chegámos a três finalistas, que foram entrevistadas pessoalmente e tiveram novamente de passar por testes de imagem. Por fim, e quatro meses depois do anúncio, encontrámos a nossa MAGGIE. Quer conhecê-la melhor? Veja o vídeo.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]