Ainda falta um ano para o regresso de “A Guerra dos Tronos”, e isso é motivo mais do que suficiente para deixar os fãs em sobressalto a cada novidade ou comentário dos atores principais acerca da última temporada. Um dos exemplos mais recentes foi quando Nikolaj Coster-Waldau (“Esquecido”), o ator que interpreta Jamie Lannister na série da HBO, disse que os realizadores tinham conseguido captar o final da história de uma forma surpreendente.

A internet parou e, entre suspiros de alívio e emoção, foram vários os fãs que se juntaram para tentar lançar hipóteses acerca dos últimos episódios de uma das séries mais conhecidas da estação norte-americana — e olhe que que são várias as teorias possíveis para um final que promete dar que falar.

Mas se a discussão parecia ter acalmado, tudo mudou quando Lauren Winzer, uma tatuadora profissional na Austrália, publicou uma imagem na sua conta de Instagram.

A fotografia mostra a cabeça de um lobo — que, na série, representa a casa Stark — acompanhada de uma frase que diz, em tradução livre, “A matilha sobrevive”. Na descrição, lê-se o agradecimento da artista a Sophie Turner (“Josie”), a atriz que dá vida a Sansa Stark, por ter confiado o seu corpo para a tatuagem.

A frase tatuada é uma referência a um dos momentos mais importantes de toda a história em que Sansa e Arya se reencontram por fim em Winterfell. Num dos diálogos, Sansa diz à irmã que só conseguirão sobreviver se se mantiverem juntas face aos inúmeros inimigos que terão de enfrentar.

“Quando a neve cai e os ventos brancos sopram, o lobo solitário morre mas a matilha sobrevive” é, em tradução livre, o significado da frase que levou muitos dos fãs da história ao delírio depois de verem a publicação da tatuadora australiana. Nos mais de muitos comentários, são vários os que acreditam que esta é uma pista acerca do final da temporada e do que acontecerá às personagens da casa Stark.

Neste novo filme de terror há uma freira demoníaca (e não há coração que aguente)

No entanto, são também muitos aqueles que não têm dúvidas de que a tatuagem não tem nenhum significado a não ser o de representar os oito anos de gravações de Sophie Turner numa série que a viu crescer, não só como atriz mas também como pessoa — já que tinha apenas 14 anos quando a primeira temporada estreou, em 2011.

“A Guerra dos Tronos” continua sem data de regresso anunciada. Sabe-se apenas que esta será a temporada mais curta de todas com apenas seis episódios.

Mas nem tudo são más notícias: a HBO anunciou, a 8 de junho, que tinha encomendado um spin-off que servirá como prequela e já se sabe que a história será passada milhares de anos antes dos acontecimentos principais da série.