O brasileiro que vive a fotografar-se e a filmar hotéis de luxo para o Instagram

André de Mello tem uma conta de Instagram onde só partilha imagens de sítios absolutamente extraordinários.

Não lhe podemos prometer que não fique invejoso ao fazer scroll na conta de Instagram de André de Mello. É normal: são só piscinas infinitas com vista para o mar ou para as serras cobertas de neve, villas privativas encaixadas numa montanha ou pequenos-almoços inacreditáveis.

Há quem tenha boas vidas. Depois há quem tenha a vida de André de Mello, um brasileiro de 36 anos que corre o mundo a dormir em hotéis de luxo. Formado em cinema, e a viver em Nova Iorque desde os 19 anos, o cineasta recorda que tudo começou com uma série de televisão chamada “Hotéis Incríveis“, realizada e produzida por ele.

“Foram mais de 100 hotéis que visitei durante as filmagens da série. Também fiz a curadoria e seleção dos hotéis”, conta à MAGG. “O meu Instagram é uma extensão dessa experiência e conhecimento que ganhei fazendo a série.”

Com a conta aberta faz este mês um ano, André de Mello escolhe a maioria dos hotéis onde fica, mas também recebe alguns convites. “Sou bem criterioso com a seleção dos hotéis: procuro serviço impecável, ótima localização e design. História e reputação também são itens importantes.”

Não é fácil escolher o melhor dos melhores hotéis onde já esteve: “É difícil porque cada um tem um charme e algo único e especial.” Ainda assim, consegue destacar o Hotel Villa Honegg, na Suíça, o Six Senses Laamu, nas Maldivas, e o Keemala Resort, em Phuket, Tailândia.

Os hotéis mais caros onde André de Mello já dormiu

“O One & Only Reethi Rah nas Maldivas tem uma villa que custa US$22.000 [18.711 euros] a diária. O Burj Al Arab em Dubai o único hotel 7 estrelas do mundo e hotel Four Seasons George V em Paris estão dentre os mais caros.”

Então e o que é que faz de um hotel um local de sonho? “Um hotel de luxo faz o possível e o impossível para agradar ao hóspede. Acho que o sonho é estar em um ambiente incrível sendo muito bem tratado e tendo experiências inesquecíveis.”

Neste momento, André de Mello dedica-se à criação de conteúdo audiovisual para hotéis de luxo e branded content para diversas marcas, trabalho desenvolvido através da produtora de que é proprietário, MelloMedia. Quanto ao Instagram, e à possibilidade de um dia se dedicar exclusivamente a ele, o brasileiro garante que “seria incrível”.

“Gostaria que se tornasse numa referência no mercado de luxo. Também gostaria de me dedicar ao meu site, que é uma extensão do Instagram aonde faço diários visuais de cada hotel onde já me hospedei com mais fotos e dicas de viagem.”

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. martamiranda@magg.pt