150 mil euros por 16 metros quadrados? Há pior

, por Marta Gonçalves Miranda