Vieram de fora para fotografar Lisboa e é este o resultado

Seis fotógrafos foram desafiados a fotografar Lisboa durante 15 dias. O resultado está agora numa exposição em Marvila.

Vieram de pontos tão distantes — e distintos — como o Bangladesh, Bélgica, Alemanha, Japão e Polónia. Esta meia dúzia de fotógrafos viajaram até Lisboa para responder a um desafio: fotografar a cidade durante 15 dias para criar um “portfólio português”.

Sarker Protick (Bangladesh), Nick Hannes (Bélgica), Boris Eldagsen (Alemanha), Birte Kaufmann (Alemanha), Miho Kajioka (Japão) e Krzysztof Brudlo (Polónia) foram aliciados por João Barbado que, no verão de 2016, já os tinha convidado para participarem num programa de residências artísticas. Dois anos depois voltaram e novamente a convite de João Barbado, desta vez em parceria com o Vintage Department e com o objetivo de dar a conhecer a este grupo toda a área da grande Lisboa para que fizessem as suas próprias interpretações artísticas. Não foram estabelecidas regras e cada artista teve a liberdade para usar os seus próprios meios para captar as imagens, assim como também não houve restrições quanto à linguagem estética a seguir.

O trabalho de Sarker Protick, por exemplo, explora as possibilidades do tempo e da luz, o de Nick Hannes tem uma forte componente política e social e Birte Kaufmann decidiu focar o seu trabalho em assuntos socialmente relevantes. Algumas das suas fotos foram tiradas na Cova da Moura.

Exposição Half-a-Dozen

Morada: Rua Pereira Henriques 6-1, Lisboa

Horário: terça a sábado das 11h as 20h

Entrada livre

 

A ideia é permitir que os fotógrafos possam desenvolver o seu trabalho em cenários novos e, por outro lado, ajudar à divulgação dos seus trabalhos junto do público português.

O resultado final está na exposição “Half-a-dozen” no espaço Collectors Marvila a partir de dia 25 de maio. No sábado e no domingo, os fotógrafos Nick Hannes e Boris Eldagsen são os responsáveis pelos workshops de fotografia que decorrem em paralelo com a exposição.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. martacerqueira@magg.pt