Um escritor-fantasma em Portugal é mesmo fantasma

, por Marta Gonçalves Miranda