"A minha vida começou aos 50 anos"

O filho morreu a 24 de abril e a 1 de maio assinava livros na Feira do Livro. Aos 83 anos mantém a mesma determinação: não parar nunca.

Por Marta Cerqueira