Fazer exercício na gravidez pode parecer complicado, principalmente quando a barriga já é bastante proeminente, mas é recomendado pelos médicos. Claro que sempre de acordo com cada pessoa, cada tipo de gravidez, e se já está habituada a praticar ou não.

Mas para treinar, é preciso encontrar roupa que sirva, adequada ao novo corpo e que seja minimamente gira. Se para qualquer mulher, sentir-se confortável a treinar é importante, para uma grávida mais ainda. Não ter elásticos a apertar é, provavelmente, um dos pontos mais importantes na escolha da roupa e o suporte para a barriga é outro igualmente importante.

A oferta de roupa de maternidade em Portugal não é muita e a que existe é maioritariamente online. E muitas das marcas não têm roupa de desporto. Nesse caso, o que se pode fazer é tentar adaptar algumas peças que não são especificamente de ginásio, como por exemplo as leggings, ou que são de ginásio, mas não são para grávida.

Guia para ser uma grávida com muita pinta

A H&M, que é uma das lojas em Portugal com maior oferta de roupa para grávida, principalmente no que diz respeito a calças, tem uma grande variedade de peças. Mas, ainda assim, não tem roupa de desporto. Tem sim leggings com bolsa marsupial e t-shirts que podem ser usadas no ginásio.

Por exemplo, na Decathlon encontram-se calções e leggings que não são para grávida, mas que têm um cos alto e com uma faixa abdominal, que ajudam a suportar a barriga.

E recentemente, devido à grande procura das mulheres grávidas por roupa desportiva, a marca Spry lançou umas leggings com bolsa marsupial e poucas costuras.

Fomos à procura de marcas que têm roupa desportiva de maternidade e outras que não têm, mas que têm produtos adaptáveis, e encontrámos 12 soluções, desde calças a calções, tops, t-shirts, casacos e fatos de banho. Já não há desculpas para não treinar.

12 fotos