Atenção pessoas que não consomem glúten, já há um éclair especial na L’Éclair

A loja de éclairs acaba de lançar as novidades da carta. Além dos sabores tradicionais, passa também a haver opções sem açúcar e glúten.

Os sabores tradicionais da carta mantêm-se, mas há reformulações com muito cacau ou com muita avelã

Luís Ferraz

É difícil passar na Avenida Duque D’Ávila, em Lisboa, e não parar para vislumbrar os éclairs expostos na vitrine do número 44. É aqui a L’Eclair, uma casa doce, elegante e cheia de cor que, sim, é especialista em éclaires, esse maravilhoso doce, capaz de nos fazer sentir, à primeira trinca, que o mundo é, afinal, um lugar perfeito.

Boas notícias para quem se quer manter longe do glúten e para quem consegue controlar-se e fugir dos produtos com açúcar adicionado. A L’Éclair já tem solução para estes dois nichos, que são cada vez maiores.

A partir de agora, na carta desta casa passa a haver um éclair glúten free (4,5€) — atenção celíacos: apesar de os ingredientes não conterem esta proteína, a marca não garante a sua isenção total, uma vez que, ao serem feitos no mesmo laboratório de produção, correm o risco de contaminação cruzada.

Foi criado por João Henriques, o chef pasteleiro desta casa, que se inspirou na sobremesa italiana Mango Sticky Rice, que inclui na sua composição uma massa choux, que substitui alguns dos ingredientes tradicionais — como a farinha — por arroz, mousse de arroz doce cozido em leite de coco, doce de manga caseiro, ganache de manga e coco ralado. Já a opção sem açúcar (4,5€), que inclui chantilly de iogurte com mel, kiwi, e granola caseira.

Éclair de limão

Luís Ferraz

Há mais duas surpresas. Para os apreciadores do chocolate no seu estado mais puro, passa a haver um éclair feito com 70% de chocolate (3,95€). Quem adora cocktails, terá um especial, na forma deste bolo, com sabor a lichia, lima e hortelã (3,8€). Há ainda o Fraiser (4,9€), inspirado no bolo com o mesmo nome, que tem baunilha de Madagáscar, doce de morango ou morangos frescos. Mantêm-se ainda o de chá verde e framboesa (4,5€), frutos vermelhos (4€) e o o Paris Brest, que tem agora uma nova versão, totalmente feita com avelãs (3,95€).

A carta traz de volta ainda um dos sabores mais tradicionais, o éclair de Caramelo Salgado, (3,5€) com sementes de sésamo caramelizadas.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. anabernardino@magg.pt