Com a abertura da época balnear antecipada para 1 de Maio, apesar de as temperaturas por estes dias não ultrapassarem os 16ºC, é hora de começar a preparar as primeiras idas à praia.

Biquinis já sugerimos, de vários modelos e tamanhos, mas mais importante do que o que vestir é como preparar a pele para o sol. Um cuidado que os dermatologistas consideram que se deve ter todo o ano e não apenas no verão.

A quantidade de marcas é infinita, o fator de proteção varia, e as dúvidas na hora de comprar um protetor solar podem ser muitas. Dúvidas como que fator deve usar para o tipo de pele, se deve usar sempre o mesmo fator, se é melhor e mais fácil de aplicar em spray ou em bisnaga, se deve optar por um protetor com ou sem cor, com ou sem óleo, entre outras.

O ideal é, antes de mais, consultar um dermatologista e tirar todas as dúvidas. Além disso, aproveitar para ver os sinais que tem no corpo, para perceber se esses aumentam com o sol. Todo o cuidado com os sinais é pouco.

Há soluções de protetores de vários tamanhos e formatos, para peles mais sensíveis, peles oleosas ou apenas peles normais, com uma textura mais fluida ou mais pastosa, e até com cor, que dá um efeito leve de base. Para que não tenha a desculpa de que não sabia o que havia no mercado, temos dez sugestões de protetores solares para se besuntar este verão.

10 fotos

Para quem tem crianças, a compra de protetores solares é ainda mais importante. Mesmo não estando (ou não devendo estar) ao sol nas horas mais críticas, as crianças devem estar sempre com bastante protetor em todo o corpo. E, por isso, para elas o fator de proteção deve ser sempre o mais alto.

Também nas gamas infantis a oferta é vasta, por isso deixamos quatro sugestões de marcas e valores completamente diferentes.

O spray é uma das formas mais práticas de aplicar protetor a uma criança