4 sugestões para fazer o luto de “La Casa de Papel”

A série espanhola não deixou ninguém indiferente. Mas se já terminou os episódios, deixamos-lhe outras opções para ocupar o seu ecrã.

Confesse. Já está com saudades deste grupo

IMDB

Acabei a segunda parte de “La Casa de Papel” na quinta-feira e ainda não sei o que fazer à minha vida.

Sim, eu sei, é só uma série, e posso realmente estar a ser um pouco dramática. Mas depois de descobrir o destino do grupo de ladrões mais adorado dos últimos tempos, existe um vazio nas minhas noites que tem de ser preenchido.

Se está a passar pelo mesmo suplício, deixo-lhe quatro sugestões disponíveis na Netflix com que ocupar o seu fim de semana.

“O próximo convidado dispensa apresentações com David Letterman”

O conhecido apresentador de televisão saiu da reforma para realizar entrevistas com notáveis convidados. Diante de uma plateia, David Letterman conduz entrevistas descontraídas, mas pertinentes, a personalidades que, como o próprio nome do programa indica, dispensam apresentações: os episódios com Barack Obama, George Clooney, Malala Yousafzai e Jay-Z já estão disponíveis.

“Aniquilação”

Quando o marido de Lena desaparece numa missão secreta, a bióloga junta-se a uma expedição a uma misteriosa região isolada pelo governo dos Estados Unidos da América. É esta a premissa do filme de ficção científica e suspense que marca o regresso de Natalie Portman ao cinema, num original do serviço de streaming norte-americano.

“Alias Grace”

Baseada num romance de Margaret Atwood, a mesma autora do romance que deu origem à série “The Handmaid’s Tale”, a produção canadiana e norte-americana ganhou notoriedade ainda antes de estrear. “Alias Grace” passa-se no Canadá do século XIX e conta a história de uma criada acusada de assassinar os seus patrões, que pode ou não ser ilibada dos seus crimes devido a insanidade. Os seis episódios da mini-série já se encontram disponíveis.

“Ícaro”

Vencedor do Óscar na categoria de Melhor Documentário na cerimónia deste ano, o documentário aborda o escândalo da dopagem de um ciclista norte-americano, implicando um cientista russo que o presidente Putin pretende silenciar.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]