Direito ao design: o melhor de 5 mundos

Todos temos direito ao design. Conheça uma série de propostas de decoração, acessíveis a todos os bolsos, que vão dar uma nova vida à casa.

Vêm de longe os rituais e tradições ligados à chegada da primavera. Mesmo quem não liga muito a essas “teorias” relacionadas com a renovação gostaria, certamente, de aproveitar a época para dar um novo look à casa – e sem gastar muito dinheiro, de preferência.

Nesta estação, o segredo passa por apostar em peças chave. Peças que conciliem forma, função, qualidade, sustentabilidade e preço, algo que só é possível num universo onde o design está ao alcance de todos. Assumindo o compromisso de democratizar o design, a IKEA publicou a Declaração do Direito ao Design, ao mesmo que disponibiliza para venda ao público peças incríveis, que prometem mudar qualquer casa sem comprometer o orçamento familiar. Porque de nada serve uma peça bonita e funcional se não a puder pagar, certo?

Selecionámos alguns artigos de design que estão ao alcance de todos os bolsos e que se enquadram em todas as casas. Na opinião de Rita Salgueiro, designer de interiores, cada um deles consegue reunir o melhor, não de dois, mas de cinco mundos. São cinco características que todas estas peças que lhe apresentamos têm em comum, o que faz delas a escolha ideal.

1.FORMA

São peças de design que podem coordenar-se com outros móveis e ambientes. Foram pensadas ao pormenor de forma a serem funcionais, sem suprimir o lado estético e os preços imbatíveis. Quando precisamos de um móvel que seja funcional, queremos também que seja bonito, que faça a diferença naquela divisão. Se a mesa-tabuleiro GLADOM garante atrair todos os olhares, a originalidade da cadeira RÅGRUND não vai deixar ninguém indiferente. Já para não falar da mesa LISABO, vencedora de um dos mais prestigiados prémios de Design do mundo, o Red Dot Design Award. E lá por serem peças de design, não significa que não mantenham o espírito da marca sueca. Todas estas peças são fáceis de transportar e de montar em casa, mesmo que estejamos sozinhos.

2.FUNÇÃO

Cada peça tem de cumprir – e bem – a função para a qual foi pensada. Caso contrário, só estará a ocupar espaço. Mas se puder cumprir várias funções, melhor. Gostamos de peças versáteis. É por isso que vai adorar a mesa-tabuleiro GLADOM, que pode colocar na sala, como um apoio ao sofá; na cozinha, de forma a tirar partido do tabuleiro para servir um pequeno-almoço na cama ou um chá a meio da tarde; ou na varanda, para pousar os refrescos. A mesma versatilidade pode ser encontrada na cadeira com toalheiro RÅGRUND, que cai que nem uma luva na casa de banho. Tem costas altas com três varões e uma prateleira, cumprindo uma dupla função de poupança de espaço e de arrumação. O melhor? É feita de bambu, um material natural, resistente e irresistível, que ficará bem em qualquer ambiente. Pendure toalhas, guarde rolos de papel e pouse a roupa durante o banho com esta cadeira única. Mesas há muitas, mas não como a mesa LISABO. Ideal para a sala, a cozinha ou o escritório, cumpre a sua função com muito estilo e um toque único. Já o carrinho RÅSKOG é o complemento perfeito em qualquer divisão. Robusto, estreito e com prateleiras reguláveis, permite encaixar-se em qualquer canto e arrumar tudo o que for preciso. Por último, não vai resistir à gama IKEA 365+, que tem tanto de simples e prática, como clássica e intemporal. São utensílios de cozinha, de toda a espécie e feitio, para o dia a dia e para ocasiões especiais.

3.QUALIDADE

O facto de serem peças intemporais a nível de design é potenciado pelo facto de serem peças duráveis. Não só os materiais foram escolhidos a dedo, como os métodos de construção lhes conferem mais consistência. E ainda bem, porque vai querer ter estas peças em casa durante muito tempo.

4.SUSTENTABILIDADE

Haverá maior satisfação do que adquirir uma peça que, além de original, funcional e acessível, é feita num matéria sustentável? É o caso da cadeira RÅGRUND, feita em bambu, um material resistente e renovável que cresce naturalmente forte e de forma rápida, sem necessitar de pesticidas. Já a mesa LISABO, é mais forte do que a maioria das mesas, apesar de utilizar menos material. Usa ripas de madeira no interior do tampo e madeira maciça nas extremidades, uma construção inovadora que torna a mesa robusta, sem que seja necessário colocar calhas de suporte por baixo. Na gama IKEA 365+ encontra uma série de artigos que promovem a sustentabilidade do planeta. Esta garrafa, por exemplo, é amiga dos amigos do ambiente. É reutilizável e não tem cádmio nem chumbo, podendo ser integralmente reciclada.

5.PREÇO

Este é um dos aspetos mais importantes. Ao adquirir estas peças estará a contribuir para estimular os designers e as marcas a fazerem peças de design que todos possamos comprar e não sejam apenas destinadas ao mercado de luxo. Nunca o conceito de democracia fez tanto sentido aplicado à decoração.

Quem vê casas vê corações. Dê uma nova imagem à sua (casa) e, quem sabe, uma nova oportunidade ao seu (coração) de se renovar, de dentro para fora.

Conteúdo produzido pela Magg Lab e patrocinado por:

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]