Dia Mundial do Teatro. 7 sugestões mais baratas para o celebrar

Peças com entrada gratuita, ensaios abertos, visitas guiadas e exibições de documentários são algumas das sugestões para assinalar a data.

O Teatro Trindade convida todas as pessoas a assistir a diversas peças

Teatro Trindade/ Facebook

O teatro celebra-se anualmente a 27 de março. Em Lisboa e no Porto vários teatros e companhias abrem as portas e sugerem peças e atividades, gratuitas e a preços reduzidos, para festejar esta data. Sete sugestões para aproveitar os descontos deste dia.

Teatro da Barraca

A peça "Erêndira! Sim, Avó...” está regularmente em cena de quinta a domingo

A Barraca Teatro/ Facebook

No Teatro da Barraca as celebrações deste dia começam pelas 21h30, com a peça “Erêndira! Sim, Avó…”, uma adaptação da obra de Gabriel García Marquéz. A história relata a exploração sexual de menores, vivida em algumas zonas da Colômbia. O guião desenrola-se com a vida de uma jovem de 14 anos e a avó, que a usa para ganhar dinheiro, ao obrigá-la a dormir com vários homens. Depois segue-se um concerto de Los Pájaros Perdidos, com Mariana Abrunheiro e Walter Hidalgo. O Dia Mundial do Teatro termina com um momento de tango dirigido pelo professor argentino Alejandro Laguna. A entrada é livre.

Teatro Nacional D. Maria II

O dia é de entrada gratuita no Teatro Nacional D. Maria II

Teatro Nacional D. Maria II/ Facebook

No Teatro D. Maria II, o dia celebra-se com diversas atividades para toda a família. Pelas 15h, no Foyer da Sala Garrett, pode visitar a exposição “Amélia”, que marca 120 anos desde o nascimento da atriz Amélia Rey Colaço. Seguem-se um documentário, lançamentos de livros e várias peças. Às 19h, na sala de Cenografia, pode assistir ao espetáculo “Ex-zombies: uma conferência”, e pelas 21h, na sala Garrett, o musical “Montanha Russa”, “um espetáculo sobre a adolescência para todo o público”. Fora dos lugares-comuns, pega na adolescência e trata-a de um ponto intimista, sensível e que promete não deixar ninguém indiferente. As celebrações terminam com o espetáculo Sweet home Europa, que tem início marcado para as 21h30. A entrada é livre durante todo o dia, mas os bilhetes devem ser levantados na bilheteira, a partir das 14h. Cada pessoa pode levantar dois bilhetes.

Teatro da Trindade

Diogo Infante e Rita Salema na peça "O Deus da Carnificina"

Teatro da Trindade/ Facebook

No zona histórica da cidade de Lisboa, o Teatro da Trindade abre as portas e convida todas as pessoas a festejar o Dia Mundial do Teatro com várias iniciativas de entrada livre. Pelas 15h, está em cena “O Principezinho”, adaptado da obra de Saint-Exupéry, e pelas 16h, o palco é reservado para o ensaio aberto do espetáculo “Odisseia”, que estreia dia 31 de março. Depois do sol desaparecer, às 21h30, “O Deus da Carnificina”, encenado por Diogo Infante, promete várias gargalhadas, ao retratar a história de dois casais que discutem sobre uma agressão entre os dois filhos. Esta peça explora as máscaras que muitas vezes usamos na sociedade e o que acontece quando estas caiem. A entrada para os espetáculos é gratuita, mediante levantamento prévio do bilhete.

Teatro Municipal Joaquim Benite

Espetáculo “Lições de dança para pessoas duma certa idade”

FRANCISCO TEIXEIRA

Em Almada, o Teatro Joaquim Benite planeou um fim de tarde com várias atividades. Pelas 19h, há o lançamento do 4º volume da coleção “O Sentido dos Mestres” e às 21h a inauguração da 2ª parte da exposição CTA 40 anos em Almada. Ainda a esta hora, pode assistir ao espetáculo “A Noite da Dona Luciana”, do Teatro do Elétrico. “Num teatro, uma atriz com tiques de diva, um encenador pressionado pela proximidade da estreia e um técnico com o dom de se desmultiplicar prolongam o ensaio pela noite dentro.” Há “uma stripper transexual que vem desviar as atenções para o cadáver da empregada de limpeza, encontrado no camarim. Afinal, quem terá sido o responsável pela morte da Dona Luciana?” As celebrações do Dia Mundial do Teatro terminam com o espetáculo “Lições de dança para pessoas duma certa idade”, com encenação e interpretação de José Lagarto, pelas 22h. A entrada é livre e o levantamento dos bilhetes deve ser feito na bilheteira, a partir das 14.30h.

Teatro dos Aloés

A peça “Dona Rosinha, a Solteira ou a Linguagem das Flores” está em cena nos Recreios da Amadora até 29 de março

Susana Monteiro

Nos Recreios da Amadora, o Teatro Aloés apresenta a peça “Dona Rosinha, a Solteira ou a Linguagem das Flores”, pelas 21h30. Na sessão especial, comemorativa do Dia Mundial do Teatro, os bilhetes custam 2€. “Rosinha é jovem e está apaixonada pelo primo, com quem vai casar. Vive numa casa de província com os tios, por quem foi adotada. No entanto, os pais do noivo, por motivos de saúde, clamam a presença do amado, para que este os ajude na reabilitação de uma fazenda da família. Com dor, Rosinha e o noivo despedem-se em promessa mútua de ser breve a separação.”

Teatro Nacional S. João

As visitas guiadas ao Teatro Nacional S. João, no Porto, são direcionadas a pessoas de todas as idades

Teatro Nacional S. João/ Facebook

No Porto, o Teatro S. João promete visitas guiadas e um documentário no Dia Mundial do Teatro. Pelas 12h30 e pelas 15h, há visitas pelo teatro, e pelas 21h o documentário “I Don’t Belong Here” é transmitido. No final da exibição está programada uma conversa com Paulo Abreu, Dinarte Branco e alguns dos participantes do filme. “Este documentário dá a ver os ensaios, algumas cenas de palco, as viagens durante a digressão, numa palavra, os bastidores de I Don’t Belong Here, peça de Dinarte Branco e Nuno Costa Santos.”

Teatro Sá da Bandeira

O Teatro Sá da Bandeira abre as portas e faz visitas guiadas pelos seus espaços

Teatro Sá da Bandeira/ Facebook

Perto da Praça da Liberdade, no Porto, o Teatro Sá da Bandeira, promete visitas abertas ao espaço com diversas animações. Espetáculos de magia, demonstrações em andas, atuações de mimos, ensaios abertos, visitas guiadas aos camarins e ao palco com atores presentes, são algumas das sugestões com que pode contar. Entre as 14h e as 18h, participe na festa e celebre o Dia Mundial do Teatro com muita animação.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]