Crítica: Passionate, uma coleção inspirada no amor

O contraste do amor clássico e o amor moderno foi a inspiração. E foram exatamente os contrastes que destacaram esta coleção.

3 dos looks apresentados por Carolina Machado / ModaLisboa

O primeiro dia de ModaLisboa começa sempre com Sangue Novo. Uma plataforma criada para que jovens designers de moda possam apresentar o seu trabalho. E foi exatamente daí que saiu Carolina Machado, em 2015. Aos 24 anos, e um ano depois da primeira apresentação na ModaLisboa, a criadora apresentou uma marca própria.

“Love. Love, is as much of an object as an obsession. Everybody wants it. Everybody seeks it, but few ever achieve it. Those who do, will cherish it, be lost in it, and among all, will never, never forget it”. A frase é de Curtis Judalet e foi a grande inspiração da designer para a criação da coleção Passionate, que retrata as várias fases de uma relação amorosa.

Uma coleção que, não sendo completamente out of the box, tem vários apontamentos que a tornam especial, como a combinação improvável de peças em vinil com tecido tipo fato, em xadrez. Padrão que voltará em força no próximo outono/inverno. Ou seja, quem fez o investimento esta estação, vai poder continuar a rentabilizá-lo no final do ano.

As propostas de Carolina Machado, apresentadas ao som the “Crave You”, são versáteis e quentes. Não só quentes pelos tecidos, mas principalmente pelas cores. A presença do vermelho, fúcsia e bordeaux aquece esta coleção, que já dá vontade de usar com o temporal destes dias. Mas ainda temos de esperar algumas estações.

Os cortes assimétricos foram a única escolha menos feliz nesta coleção. Já estamos cansados de os ver e são sempre difíceis de usar. Principalmente num estilo mais formal como o que acaba de apresentar.

Crop tops e crop coats, silhuetas volumosas e transparências são outros elementos que marcam Passionate.

As botas acima do joelho têm vindo a resistir inverno após inverno e Carolina Machado parece não querer deixar morrer esta tendência. Uma tendência perigosa, porque nem toda a gente pode e deve usar e, infelizmente, vemos demasiados erros por aí. Claro que nestas modelos fica lindo, mas já gostávamos de ver uma novidade no calçado.

As nossas peças preferidas desta coleção são o blazer e calças fúcsia, que combinam na perfeição com a maquilhagem escolhida, e a carteira para usar na cintura ou a tiracolo.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. fabiolacarlettis@magg.pt