ModaLisboa. Amarelo para alegrar o dia

Camisolas, brincos, óculos e carteiras. Num dia escuro, houve muita gente a escolher esta cor para alegrar os looks.

Claro, escuro, mostarda ou torrado, a cor tendência marca o segundo dia da ModaLisboa

No segundo dia da 50.ª edição da ModaLisboa a chuva acalmou, mas nem isso tornou o sábado bonito. Se na sexta-feira os chapéus invadiram o Pavilhão Carlos Lopes e esconderam os cabelos desarrumados pela tempestade, sábado optámos por selecionar uma cor, o amarelo, muito presente entre os muitos que foram ver o desfile dos vários criadores.

Escuro, claro, torrado ou mostarda, a cor tendência esteve em camisolas, casacos, malas, brincos, óculos ou até em conjuntos completos e em peças, sobretudo, de marcas de fast fashion como Zara ou H&M.

O segundo dia do maior evento de moda nacional — com o tema N.50 a propósito da 50.ª edição — conta com nove desfiles. O dia começou com Awaytomars, na Estufa Fria. Seguiram-se Imauve + Gonçalo Peixoto, Patrick de Pádua, Valentim Quaresma e Tiago Loureiro. A noite termina com os designers principais: Ricardo Preto, Luís Carvalho e Nuno Gama.

Texto de Ana Luísa Bernardino, fotografia de André Abrantes.
Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. anabernardino@magg.pt